Diego Maradona avisa: "Vamos atacar o Brasil"

O treinador confirmou que a dupla de ataque da Argentina será formada por Messi e Tevez

O técnico da seleção argentina, Diego Maradona, concedeu no início da noite desta quinta-feira uma entrevista coletiva em Ezeiza, região metropolitana de Buenos Aires, local onde o time se prepara para enfrentar o Brasil. Sereno e mostrando respeito ao rival, Maradona, entretanto, mandou um recado à seleção brasileira : seu time vai jogar no ataque.

- A ideia é pressionar o Brasil, ter atenção nos rebotes, isto é algo que já conversamos há muito tempo. Digo aos jornalistas brasileiros aqui presentes: vamos atacar o Brasil - sentenciou Maradona.

O treinador confirmou que a dupla de ataque da Argentina será formada por Messi e Tevez. A equipe que Diego mandará a campo na noite de sábado, em Rosário, terá Andújar, Zanetti, Otamendi, Sebá Domínguez e Heinze; Maxi Rodríguez, Mascherano, Verón e Dátolo; Messi e Tevez..

Maradona, por outro lado, disse não esperar mudanças na seleção brasileira em relação ao time que conquistou a Copa das Confederações, em junho.

Perguntado se os jogadores estão se sentindo pressionados por conta da partida (a Argentina, se perder, pode ficar fora do grupo de classificação à Copa do Mundo), Maradona foi enfático:

- Pressão tem a pessoa que sai às 5h da manhã para trabalhar, ganhando um salário ruim. Jogador de futebol tem responsabilidade, o que é outra coisa completamente diferente - avaliou.

Fonte: g1, www.g1.com.br