Diego Tardelli faz apelo a chineses: "Não sejam ingratos"

Jogador não faz mais parte dos planos da equipe chinesa

O atacante Diego Tardelli usou o Twitter nesta terça-feira (19) para pedir ao seu clube, o chinês Shandong Luneng, que o negocie com outro país. O técnico Felix Magath não conta com o atleta, que não conseguiu ser emprestado a tempo para outro clube da China antes do fechamento da janela local.

"Só quero continuar jogando, não sejam ingratos, não tirem a minha felicidade!", escreveu o jogador, dizendo-se "triste" e reproduzindo a mensagem também em chinês.

Com as contratações recentes dos atacantes Graziano Pellè, da Itália, e Papiss Cissé, de Senegal, o Shandong precisou abrir espaço no elenco para mais jogadores estrangeiros. Por isso, Tardelli foi liberado para empréstimo, enquanto outro brasileiro, Aloísio, foi vendido para o Hebei China Fortune.

Porém, a janela de transferências chinesa se fechou sem que Tardelli fosse negociado, e agora o atacante corre o risco de ficar sem jogar. Por isso, ele quer se transferir para outro país. Um possível retorno ao Brasil, porém, é tido como difícil por motivos financeiros. O contrato com o Shandong vai até janeiro de 2019.

O atacante também negou no Twitter que seu comentário tenha relação com alguma especulação envolvendo seu nome no mercado. "Não estou associando nenhum outro tipo de comentário recente, só estou passando a minha situação aqui no Shandong, que é muito séria", afirmou.

Diego Tardelli não está nos planos do técnico Felix Magath no Shandong Luneng (Crédito: AFP)
Diego Tardelli não está nos planos do técnico Felix Magath no Shandong Luneng (Crédito: AFP)


Fonte: Com informações do Uol