Diretor do Vasco nega saída de Felipe para o Megão: "Chance zero"

Diretor do Vasco nega saída de Felipe para o Megão: "Chance zero"

Daniel Freitas afirma que diretoria vascaína não vai liberar transferência, apesar da insatisfação do jogador em São Januário

Ao que parece, o Flamengo terá mais uma negativa na busca por seu número 10. O Vasco avisou que será rejeitada qualquer proposta a ser oficialmente feita por Felipe. Representantes do Rubro-Negro já conversaram com o jogador, que acenou com a possibilidade de deixar seu clube e voltar à Gávea. Mas, de São Januário, o recado foi claro:

- Conversei com o presidente Roberto Dinamite hoje e decidimos que não há possibilidade de haver essa negociação, embora não tenhamos recebido qualquer proposta por parte do Flamengo. Ainda terei uma conversa com o Felipe hoje. Mas a chance é zero - decretou Daniel Freitas, diretor de futebol do Vasco.

Em São Januário, entretanto, é notória a insatisfação de Felipe. O jogador não gostou de ter sido escalado como lateral-esquerdo em algumas partidas e não esconde a contrariedade com a rotina de atraso de salários. Em conversas iniciadas há dois meses, o Flamengo ofereceu ao meia valores salariais que seriam quase o dobro dos que recebe atualmente.

Felipe tem contrato com o Vasco até dezembro de 2013 e tem uma multa rescisória considerada alta. Mas apesar do clima ruim do jogador em São Januário, Daniel Freitas acredita que a situação será contornada.

- A decisão de quem joga, ou não, é do treinador. O Felipe é um jogador de qualidade reconhecida pelo Vasco, mas temos a confiança de que o Cristóvão vai tomar as melhores decisões possíveis, sempre pensando no time - explicou.

O diretor de futebol também minimizou o fato de representantes do Flamengo terem entrado em contato com Felipe antes de falarem com dirigentes do Vasco.

- No mundo do futebol, muitas vezes as coisas acontecem dessa maneira. Não acho que é a forma correta, mas não cabe a mim avaliar ou opinar sobre a administração de outro clube.

Felipe tem seis jogos disputados no Campeonato Brasileiro, o que permitiria uma transferência para outro clube da Série A. O jogador chegou a ser relacionado para enfrentar o Santos, no último sábado, mas foi cortado sob a alegação de dores no joelho esquerdo. Ele ainda não foi confirmado no grupo que enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira, no Engenhão.

Fonte: Globo Esporte