Dirigente paraguaio diz que Cabañas falou pela 1ª vez

Dirigente paraguaio diz que Cabañas falou pela 1ª vez

Atacante foi baleado na segunda-feira (25) em um bar da Cidade do México

O jogador paraguaio Salvador Cabañas falou pela primeira vez desde que foi hospitalizado há cinco dias no México depois de ter sido baleado na cabeça. O fato foi revelado neste sábado pelo presidente da AFP (Associação Paraguaia de Futebol), Juan Angel Napout.

- Falou em guarani (idioma nativo paraguaio) com a esposa e perguntou pela seleção (do Paraguai) ao representante (da APF) Marcos Caner".

Salvador Cabañas foi baleado na cabeça na madrugada de segunda-feira (25) em um bar da Cidade do México, tendo sido submetido logo a uma cirurgia de emergência, mas os médicos não conseguiram retirar a bala, que ficou alojada em seu cérebro.

Cabañas está demonstrando "recuperação surpreendente" destacou Napout.

Cabañas havia sido submetido no sábado (31) a uma nova tomografia para avaliar o tamanho do edema cerebral, que começa a reduzir, informou o neurocirurgião Ernesto martínez, chefe da equipe que cuida do jogador.

- Seu quadro de saúde é estável, todos os parâmetros são bons, não há complicações.

A justiça acha que ele poderia ter sido vítima de um torcedor fanático de seu clube mexicano, o América, segundo o depoimento de um empregado do estabelecimento onde aconteceu o episódio, que teria ouvido uma conversa entre ele e o agressor.

Seu atacante presumível, um proprietário de uma casa noturna ainda fugitivo, teria perguntado a ele o que faria "para que o América fosse campeão.

Ante a reação irritada de Cabanas, o homem teria tirado sua pistola atirando contra ele.

Fonte: R7, www.r7.com