É hoje! Fla do PI encara Palmeiras no estádio Albertão

A equipe do Palmeiras já tem um histórico de atuação na capital piauiense

O Flamengo recebe o Palmeiras hoje às 20h30, no Estádio Albertão, na es- treia da primeira fase da Copa do Brasil. O time paulista retorna a Teresina depois de 8 anos. Em 2002, o Verdão participou da Copa dos Campeões e na oportunidade venceu o Fluminense, do Rio de Janeiro, pelo placar de 1 a 0.

A equipe do Palmeiras já tem um histórico de atuação na capital piauiense, já pisou no gramado do Albertão 13 vezes, desse total perdeu apenas um jogo, de 1 a 0, para o Tiradentes, em 1975, época de ouro do futebol piauiense. Nas demais partidas obteve 10 vitórias e dois empates.

Dentre os outros adversários que enfrentou, está o próprio Flamengo, com quem o time paulista faz o duelo de hoje pela Copa do Brasil. Em duas oportunidades o Ver-dão venceu o rubro-negro piauiense, a primeira em 1978 (3 a 0), no Pacaembu, e em 1980, no Albertão (4 a 1).

No reencontro entre ambos, hoje à noite, a pretensão do representante do Piauí é fazer uma história diferente.

O técnico do Flamengo, Walter Maranhão, aposta na determinação de seus jogadores para alcançar tal objetivo. Ele acredita que o time poderá obter um bom resultado e na possibilidade da equipe fazer a segunda partida pela Copa do Brasil, em São Paulo. Para isso acontecer, é preciso evitar que o Palmeiras vença com dois gols de diferença, que é o que define o regulamento da competição.

?Temos que ter muita determinação, a equipe tem que estar bem postada dentro de campo e ter atitude, se ficarmos olhando o Palmeiras jogar não vamos fazer um bom jogo. Temos que sair da mesmice, não podemos ficar imaginando que vamos jogar para não perder de muito gols. A nossa preocupação é fazer um grande jogo para a gente ir fazer o jogo de volta?, afirma o técnico.

Entre os jogadores do Flamengo, o atacante Jardel, que é a principal referência no elenco, pela história que fez ao longo de sua carreira, acredita nesta possibilidade.

O jogador, mesmo com uma lesão no joelho, promete que irá tentar surpreender com o que mais sabe fazer, que são os gols. ?Nós sabemos que o Palmeiras é uma equipe grande, mas são onze contra onze, este jogo para o Flamengo será importante tanto na competição como financeiramente e vou tentar dar o máximo?.

Jardel é bem respeitado entre os jogadores do Palmeiras pelo histórico de ser goleador decisivo. ?O Jardel brilhou em time grande, no Grêmio e no Porto, é um centroavante muito perigoso, dentro da área, com bola aérea é um execelente cabeceador. Tem que ter cuidado com um jogador como ele que tem experiência?, disse o atacante Diego Sousa.















Muricy agradece torcida que foi ao treino

O técnico Muricy Ramalho (foto) comandou um leve treino na tarde de ontem no Estádio Albertão em Teresina. Mas antes de iniciar os trablhos, ele foi até a torcida retribuir o carinho que os palmeirenses deram aos jogadores e a comissão técnica na chegada a Teresina.

Ontem, centenas de torcedores foram ao Albertão ver de perto os ídolos e demonstraram muito carinho com os atletas.

?Foi muito legal a forma como fomos recepcionados aqui, tanto no aeroporto como no estádio, muito legal ver a torcida comparecer e a gente espera que compareça no dia do jogo e a gente vai fazer tudo pra agradar ao torcedor?, disse o treinador.

Em relação à equipe, a maior ausência foi a do goleiro Marcos, esperado por todos, mas não veio devido problemas de ordem médica. Muricy Ramalho antecipou que o substituo será Deola. O técnico demonstrou muita confiança no goleiro na atuação diante do Flamengo hoje à noite. ?O Marcos sentiu uma contusão no domingo, a gente está jogando muito neste início de temporada, mas o Deola é um goleiro experiente e com certeza vai fazer um bom jogo?.

Quanto ao adversário, Muricy disse que tem informação sobre o Flamengo.

Apesar da superioridade da equipe paulista, ele preferiu impor respeito ao time piauiense. O comandante palmeirense também evitou falar na eliminação logo na partida em Teresina. ?Não vimos para cá no escuro, no treino do Flamengo tinha uma pessoa nossa observando. O regulamento é dois jogos, tem que respeitar o adversário porque são profissionais, estão trabalhando, treinados também e a gente vem com todo o respeito?, acrescenta.

O atacante Diego Sousa, que é um dos principais nomes do elenco do Palmeiras, falou sobre a partida logo mais diante do rubro-negro. ?Sabemos que a torcida vai nos apoiar, a expectativa é maravilhosa. O jogo é dificil, a gente sabe que jogando na casa do adversário, em qualquer situação é muito difícil, mas depende das circusntâncias do jogo, se tiver oportunidade de definir o jogo é importante. A gente veio para cá para vencer, mas sabemos que o jogo é muito difícil?. (S.C.)





FOTOS: MOISES SABA

Fonte: Socorro Cruz /JMN