Sorteio às 14h define o caminho do Brasil na Copa do Mundo 2014

Sorteio às 14h define o caminho do Brasil na Copa do Mundo 2014

Após seis anos de expectativa, seleções saberão nesta sexta-feira quem vão enfrentar e para onde vão viajar durante a Copa do Mundo do Brasil

Contra quem o Brasil vai abrir a Copa do Mundo no dia 12 de junho de 2014? Quais serão os primeiros rivais no caminho do tão sonhado hexacampeonato da Seleção? Que zagueiros terão a árdua missão de parar Messi e Cristiano Ronaldo? Aliás, o argentino e o português vão se enfrentar? E a Espanha, atual campeã, vai exibir seu futebol envolvente em que cidades do país?

Todas essas perguntas, e muitas outras, serão respondidas nesta sexta-feira, no Sorteio Final da Copa, que será realizado a partir das 14h no horário de Brasília, 13h na Costa do Sauípe. Desde que o Brasil foi anunciado como sede do Mundial, há pouco mais de seis anos, torcedores e fanáticos pelo esporte mais popular do planeta sonham com a chance de receberem o torneio novamente depois de 64 anos.

A partir desta sexta, eles poderão desenhar em suas mentes as partidas, os lances, os gols, os estádios... É o pontapé inicial da Copa do Mundo na imaginação do público, e um passo muito importante na preparação das seleções, que saberão em que cidades vão atuar e, a partir disso, definirão suas bases entre os meses de junho e julho do ano que vem.

Em busca de exterminar de vez o tão falado fantasma de 1950, quando perdeu o Mundial no Maracanã para o Uruguai, o Brasil é quem tem cenário mais definido. Sabe que será o cabeça de chave do Grupo A, vai abrir a Copa no dia 12 de junho, em São Paulo, e depois jogará em Fortaleza e Brasília nos dias 17 e 23, respectivamente.

Os outros cabeças de chave foram definidos com base no ranking da Fifa de outubro, medida que causou polêmica ao tirar seleções tradicionais como Itália e Inglaterra de seus lugares habituais. Vão encabeçar os demais grupos os sul-americanos Argentina, Uruguai e Colômbia, além das europeias Alemanha, Espanha, Bélgica e Suíça.

Outra decisão polêmica foi a de alterar a regra que determinaria qual seleção do Velho Continente vai migrar do pote 4 para o pote 2. Inicialmente seria a equipe de pior ranking, no caso a França. Na terça, porém, a Fifa anunciou que haveria um sorteio entre as nove europeias que não são cabeças de chave.

- Quando se muda algo que já está decidido, fica menos transparente. Pode até ser melhor, mais lógico, mas não me parece certo. Tem de se manter até o fim - contestou Carlos Queiroz, técnico do Irã, apenas um dos que se manifestaram contrários à decisão da entidade.

A primeira torcida, portanto, será entre os europeus. Ninguém quer se mudar para o pote 2, pois essa seleção terá, obrigatoriamente, que enfrentar um sul-americano e outro vizinho da Europa já na primeira fase.

- É o pior! - bradou o italiano Fabio Capello, técnico da Rússia, bem-humorado enquanto isso é apenas uma hipótese para a equipe.

Até o secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, admitiu que entender todo o mecanismo do Sorteio Final não está entre as tarefas mais fáceis. O GloboEsporte.com facilitou ao criar um infográfico que explica detalhadamente cada passo do evento.

As comissões técnicas deverão acompanhar a retirada das bolinhas com mapas em mãos. As distâncias entre as cidades assustam. A seleção que ocupar a posição 4 no Grupo G terá de viajar por quase 5,6 mil quilômetros apenas na primeira fase. Já o cabeça de chave do Grupo H vai percorrer menos de 700 quilômetros. Uma diferença significativa no planejamento.

E quem já deu tantas alegrias com os pés será responsável por decidir o futuro dos países com as mãos. Craques eternos vão sortear as bolinhas: do capitão do penta, Cafu, ao carrasco de 50, Ghiggia, desfilarão no palco, dirigidos por Valcke, o francês Zidane, o italiano Cannavaro, o argentino Kempes, o alemão Matthaus, o espanhol Hierro e o inglês Hurst.

Pelé também vai participar, só não se sabe como. A presença do melhor jogador de futebol de todos os tempos é um enigma. Vai haver música: Alcione, Alexandre Pires, Emicida, Vanessa da Mata, Margareth Menezes, Olodum e a coreógrafa Deborah Colker vão se apresentar. Enquanto a Brazuca, bola da Copa, não rola, as bolinhas roubarão a cena.


É hoje! Sorteio da Copa define rivais do Brasil e rota de craques em 2014

Fonte: GloboEsporte