Elano faz 2, Santos vence Prudente e segue 100% no Paulista

Elano faz 2, Santos vence Prudente e segue 100% no Paulista

Dominado por completo pelo Santos, o confronto deste domingo marcou o reencontro de Elano com o gol

Mesmo com os desfalques de Neymar e Paulo Henrique Ganso, o Santos segue dando show no Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe comandada por Adilson Batista venceu o Grêmio Prudente por 4 a 2, no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, manteve os 100% de aproveitamento e, consequentemente, a liderança na competição estadual. Elano, por duas vezes, Keirrison e Maikon Leite anotaram para os visitantes. Rômulo e Bruno Ribeiro descontaram.

Dominado por completo pelo Santos, o confronto deste domingo marcou o reencontro de Elano com o gol no time da Vila Belmiro. Contratado para esta temporada, o meia, que defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da África do Sul, marcou os dois primeios gols, um deles de pênalti, e fez a torcida do clube alvinegro "esquecer" dos desfalques de Ganso, que ainda se recupera de uma lesão no joelho, e Neymar, que defende o País no Sul-Americano Sub-20.

Os dois gols de Elano abriram o caminho para o Santos chegar aos nove pontos na competição, sendo, de longe, o melhor desempenho da competição - a equipe de Adilson Batista tem o melhor ataque com 11 gols. O Prudente, por outro lado, prossegue na zona de rebaixamento, sem ainda somar pontos no Estadual.

Embalado, o Santos volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), para enfrentar o São Caetano. Já o Grêmio Prudente tentará obter o primeiro ponto na temporada na quinta-feira, às 21h, diante do Botafogo-SP.

O jogo

Sem Zé Eduardo, liberado da concentração na manhã deste domingo para acertar sua negociação com o Genoa-ITA, Adilson Batista promoveu a entrada de Keirrison e manteve a postura ofensiva dos dois primeiros encontros deste Paulista. Logo nos primeiros minutos, a superioridade técnica da equipe visitante foi imposta e o Prudente, embora atuasse em casa, sofria com um bom volume do jogo do time praiano.

Melhor em campo, o Santos não demorou para abrir o marcador. Logo aos 13min, Elano reencontrou as redes com a camisa alvinegra. Róbson deu belo passe para o meio-campista, que, com categoria, deslocou o goleiro Sidney para anotar o primeiro gol desde o retorno à Vila Belmiro.

A vantagem santista no marcador obrigou o Grêmio Prudente a se expor dentro de campo. Com mais espaço para atacar pelas pontas, o Santos seguiu dominando a partida. As boas jogadas laterais, especialmente com Maikon Leite pela esquerda, aproximavam a equipe de Adilson Batista do segundo gol, que não demorou para sair no Estádio Eduardo José Farah.

Aos 21min, Wanderson Cafu cometeu falta em Maikon Leite fora da área. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou pênalti. Na cobrança, Elano deslocou novamente o goleiro adversário e saiu para comemorar o segundo gol dos visitantes.

A grande diferença técnica, e no marcador, tranquilizou o Santos dentro de campo. A equipe visitante diminuiu o ritmo e quase sofreu as consequências aos 42min. Rhayner chutou colocado, da entrada da área, e obrigou o goleiro Rafael a fazer uma grande defesa.

O susto acordou o Santos. No último minuto da primeira etapa, Róbson cobrou escanteio da esquerda e por pouco não marcou um gol olímpico. A bola caprichosamente tocou o poste direito prudentino e saiu pela lateral, no último lance de perigo do tempo inicial.

O descanso do intervalo serviu para o Santos recarregar o ímpeto exibido nos primeiros 45min. Logo aos 9min, o time alvinegro decretou a vitória fora de casa. Após cruzamento da direita de Jonathan, Róbson chutou cruzado e viu Sidney espalmar para dentro da área. Na sobra, Keirrison tocou de pé direito e anotou o terceiro.

Embora com os três pontos assegurados, o Santos seguiu pressionando o Prudente. A extrema superioridade individual e coletiva santista impedia o Grêmio Prudente de tentar qualquer reação.

Já entrosados na equipe, nomes como Róbson e Maikon Leite, destaques do time ao lado de Elano neste domingo, novamente brilharam aos 16min. O meia, em jogada ensaiada, apenas rolou para o atacante arrematar firme de dentro da área, marcando o quarto gol.

A goleada construída obrigatoriamente fez o Santos diminuir a intensidade. Sem Elano e Léo, o clube de Vila Belmiro viu a equipe da casa descontar. De pênalti, marcado após o árbitro flagrar um "puxão" em Jandson, Rômulo chutou no meio do gol e não deu chances a Rafael.

Animado com o gol, o Prudente buscou a pressão nos minutos finais e foi recompensado aos 38min. Bruno Ribeiro cobrou escanteio direto para o gol e contou com a colaboração do goleiro santista para comemorar timidamente o segundo tento prudentino. Nada que arriscasse a terceira vitória do clube litorâneo na competição.

Ficha Técnica

Grêmio Prudente 2 x 4 Santos

Gols

Grêmio Prudente: Rômulo, aos 28min do segundo tempo, e Bruno Ribeiro, aos 38min do segundo tempo.

Santos: Elano, aos 13min e aos 22min do primeiro tempo, Keirrison, aos 9min do segundo tempo, e Maikon Leite, aos 16min do segundo tempo

Grêmio Prudente

Sidney; Anderson Luís, Wescley e Douglas; Wanderson Cafu (Bruno Ribeiro), Anderson Pedra, Alceu (Daniel), William (Jandson) e Saldanha; Romulo e Rhayner. Técnico: Rogério Micale

Santos

Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo (Rodrigo Possebom); Adriano, Pará e Elano (Rodriginho); Róbson, Keirrison (Moisés) e Maikon Leite. Técnico: Adilson Batista

Cartões Amarelos

Grêmio Prudente: Wescley e Rômulo

Santos: Edu Dracena, Keirrison e Rodriguinho

Árbitro

Luiz Flávio de Oliveira

Local

Estádio Prudentão, em Presidente Prudente (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br