Elias pede que corintianos parem de "pegar no pé" de Souza

Elias pede que corintianos parem de "pegar no pé" de Souza

A última partida do atacante com a camisa do Corinthians foi na derrota por 2 a 0 para o Vasco.

Fora da lista de relacionados para o clássico contra o Palmeiras depois de ter pedido dispensa à diretoria na semana passada, Souza ganhou apoio de Elias. O volante entende que o atacante tem sido cobrado injustamente pela torcida do Corinthians.

"O Souza é uma pessoa maravilhosa, sempre nos ajudou, fora e dentro de campo. Esperamos que a torcida pare de pegar no pé dele", disse o jogador, em entrevista ao Mesa Redonda, da TV Gazeta, neste domingo.

A última partida do atacante com a camisa do Corinthians foi na derrota por 2 a 0 para o Vasco, há pouco mais de duas semanas. Na ocasião, o jogador foi vaiado pela torcida do Vasco e respondeu mostrando o dedo do meio, além de cruzar os punhos (sinal de uma das torcidas organizadas do Flamengo, mas também de uma uniformizada do São Paulo).

Souza então virou um dos alvos principais de um protesto realizado por cerca de 70 membros de torcidas organizadas do Corinthians, no CT Joquim Grava, na sexta-feira. Descontentes com o fraco desempenho do atleta e também pelo sinal da facção rival, os corintianos pediram pela saída dele e de Moacir, Alessandro e Danilo.

Na opinião de Elias, a atitude da torcida não contribui com o time. "A gente estava no nosso ambiente de trabalho, passando por um momento difícil. Foi lamentável, porque disseram que iriam nos apoiar, mas chegaram lá e hostilizaram alguns jogadores", concluiu o volante, ao lembrar que os mais jovens se sentem pressionados.

Fonte: Terra