Em áudio, Felipe Melo culpa imprensa por não ter voltado à seleção

O volante só retira as críticas feitas a Casagrande

O volante brasileiro Felipe Melo, do Inter de Milão, em áudio que está circulando no aplicativo de telefone celular Whatsapp, culpa a imprensa brasileira por não ter voltado à seleção e faz duras críticas aos ex-jogadores e atuais comentaristas Roger, Neto e Casagrande.

- Rapaziada, sabe por que eu não voltei para a seleção ainda? Porque o Felipe Melo não dá moral para a imprensa. Eu não preciso de imprensa pra nada. A única coisa que eu precisei para chegar onde eu cheguei, primeiramente é Deus, abrindo as portas, me capacitando. E depois minha família, meus amigos. Eu nunca precisei ir em programa de um, programa de outro, ficar bajulando jornalista de merda não. Tá entendendo? E eu não voltei para a seleção por causa da imprensa. Mas vamos ver. Se o Dunga não cair, quem sabe não acontece. Eu tô trabalhando muito, de verdade. Você vê o que a imprensa colocou. Felipe Melo, reserva do Inter. Os caras são brincadeira. Como se eu fosse reserva aqui. Joguei aqui 30 jogos na temporada. Já viu 30 jogos na temporada titular ser reserva? O cara ser reserva? Essa é a imprensa brasileira hoje. Imprensa feita de ex-jogadores que nunca ganharam porra nenhuma... Roger, Neto, Casagrande.. O que esses caras ganharam? Jogaram onde? Ganharam o que? Dois títulos na carreira. São uns merdas. Nem Copa do Mundo disputaram. É brincadeira né rapa? Essa é a mídia de hoje. Por isso que ninguém respeita mais o Brasil - disse.

A assessoria de imprensa de Felipe confirmou que o áudio é mesmo do jogador, foi feito há mais ou menos 15 dias, e que o volante só retira as críticas feitas a Casagrande.

No início da semana, Melo já havia se envolvido em outra polêmica. Em entrevista a um jornal italiano, ele disse que, se não fosse jogador, seria assassino. Depois, em suas redes sociais, se explicou e disse que se expressou de forma equivocada.

Felipe Melo
Felipe Melo
Fonte: Com informações do Jornal Extra