Em Criciúma, Corinthians domina desde o início e vence segunda seguida

Em Criciúma, Corinthians domina desde o início e vence segunda seguida

Com os pontos somados por vitórias sobre Grêmio e agora Criciúma, o Corinthians sobe a 17 e pode terminar a 11ª rodada

Enfim, o que Tite queria. Neste domingo, em Santa Catarina, o Corinthians superou o Criciúma por 2 a 0 e, pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, ganhou dois jogos consecutivos. Comandado por Renato Augusto, que marcou um golaço e foi um dos melhores em campo no Heriberto Hulse, a equipe corintiana mandou no jogo como raras vezes consegue como visitante. Assim, já pode vislumbrar as primeiras posições da tabela.

Com os pontos somados por vitórias sobre Grêmio e agora Criciúma, o Corinthians sobe a 17 e pode terminar a 11ª rodada da Série A até na sexta posição. Já o dono da casa, com 11 pontos, viu diminuir a distância para a zona do rebaixamento, já que Flamengo e Ponte Preta somaram neste domingo.

Sem Alexandre Pato, vetado a cerca de uma hora do início do jogo por dores na canela, o Corinthians não sentiu o peso de desfalques - Emerson foi mantido no banco. Dominou o jogo no primeiro tempo, controlou no segundo, chegou a ter um gol mal anulado e ganhou força para o próximo desafio. Na quarta-feira, diante do Santos, tem clássico na Vila Belmiro. Já o Criciúma tentará reagir de novo em casa, contra o Cruzeiro também na quarta.

Corinthians abre caminho com golaço de Renato Augusto e vence de novo

Sem a postura cautelosa que em alguns momentos caracteriza suas atuações distante do Pacaembu, o Corinthians se impôs no Heriberto Hulse contra uma equipe em dificuldades, já que só venceu uma vez em sete partidas - incluindo a Copa do Brasil - desde a parada da Copa das Confederações. Dessa forma, os corintianos construíram sua segunda vitória consecutiva com certa naturalidade.

Sem o poupado Emerson e com Renato Augusto, que ocupou o lado esquerdo do meio-campo, o Corinthians teve o domínio técnico do jogo já no início. A 11min, Renato justificou aqueles que entendem que deve ser titular da equipe. Com categoria, levou a marcação de Elton e mesmo de longe chutou colocado, no ângulo, sem chances para o goleiro Helton Leite.

Mesmo à frente do marcador, o Corinthians manteve o controle do jogo e não se acomodou à defesa. Assim, aos 26min, ampliaria sua vantagem. Guilherme serviu Edenílson em velocidade, Elton empurrou e Sandro Meira Ricci, rigoroso, marcou o pênalti. Guerrero, que não marcava havia um mês, cobrou com perfeição e levou tranquilidade à equipe corintiana.

A tônica da partida permaneceu nos 45 minutos finais, apesar de melhora do Criciúma na armação de jogadas. Com 8min, o Corinthians chegou a marcar o terceiro, equivocadamente anulado pela arbitragem. Edenílson apareceu adiantado, mas o toque na bola havia sido de Matheus Ferraz. Romarinho acertou a finalização, mas Ricci cancelou o gol.

Tite ainda deu minutos de jogo a Emerson, descansou Romarinho no segundo tempo e manteve o Corinthians ofensivo na última parte do jogo em Criciúma. Cássio, ainda assim, quase não foi ameaçado: em 11 jogos, só sofreu cinco gols no Campeonato Brasileiro, disparada a melhor defesa da competição. Com quatro gols e duas vitórias nos dois últimos jogos, já é possível almejar o G-4.

Fonte: Terra