Em jogo conturbado e sem Adriano, Flamengo tenta a liderança contra La U

Em jogo conturbado e sem Adriano, Flamengo tenta a liderança contra La U

Quarto jogo pelo Grupo 8 será realizado nesta quinta

A chuva que castigou o Rio de Janeiro trouxe tragédias para a população e muitas incertezas para o duelo que pode definir a liderança do Grupo 8 da Libertadores. Flamengo e Universidad de Chile se programaram para jogar às 21h50m (horário de Brasília) de quarta-feira, no Maracanã, que sofreu alagamentos no gramado, vestiários e túneis. Depois de idas e vindas, o Governador Sergio Cabral autorizou a realização da partida no estádio e os dois times se enfrentam às 16h desta quinta-feira.

Para isso acontecer, uma guerra política foi travada em meio ao caos que tomou conta do Rio de Janeiro. A chuva dividiu opiniões ao longo dos dois últimos dias. De um lado, Flamengo, La U e Conmebol foram a favor da realização do jogo de qualquer maneira. Do outro, a secretária de Esporte e Lazer, Márcia Lins, foi contra e tomou decisões sem comunicar os clubes. No fim das contas, prevaleceu o interesse dos líderes do Grupo 8 e o fato de o Maracanã já ter condições de receber a partida.

A Rede Globo e o SPORTV transmitem o jogo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em tempo real a partir das 15h30m (horário de Brasília).

Nem mesmo a transferência do jogo para esta quinta-feira foi suficiente para que Adriano se recuperasse das dores lombares. O atacante é o principal desfalque rubro-negro, que tenta a liderança do Grupo 8. Se vencer o Universidad de Chile, atual líder com sete pontos, o Flamengo o ultrapassa e chega a 9.

Terremotos e tempestades

As tragédias naturais cercaram os dois duelos entre Flamengo e Universidad de Chile pela Libertadores de 2010. No primeiro, no dia 17 de março, os terremotos no Chile fizeram a diretoria rubro-negra optar pela chegada a Santiago a poucas horas do jogo. Do estádio, a delegação partiu diretamente para o aeroporto. Tudo para diminuir as chances de presenciar os tremores no país.

Fonte: Globo Esporte