Emoções ficam para o fim, e Cruzeiro e Atlético-MG empatam

Victor defendeu a cobrança

Sensacional. Adjetivo que define bem o clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG disputado na tarde deste domingo, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O empate por 1 a 1, gols de Willian e Carlos, teve ingredientes dignos de um filme de suspense campeão de bilheteria, já que não faltaram emoção, arrepios e muito frio na barriga. O Cruzeiro saiu na frente e, com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, segurou o resultado até os 43 do segundo tempo, quando sofreu o empate.

Image titleEm seu primeiro clássico, o técnico cruzeirense se mostrou muito agitado na beira do gramado, sempre orientando os jogadores. Ele ainda errou uma substituição por um mal entendido. Willians falou para ele que Ariel Cabral havia pedido para sair, mas Mano entendeu que o pedido era do próprio Willians e colocou Charles em campo.

Fonte: Com informações do Globoesporte