Empresário: ausência de Neymar é "puxão de orelha"

Empresário: ausência de Neymar é "puxão de orelha"

Presente na primeira lista do treinador, Neymar se envolveu em várias polêmicas desde então

O empresário de Neymar, Wagner Ribeiro, disse em entrevista ao Terra TV que a ausência do jovem santista na convocação do técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, divulgada nesta quinta-feira, foi um "puxão de orelhas" ao atacante.

Presente na primeira lista do treinador, Neymar se envolveu em várias polêmicas desde então. A última, inclusive, custou o cargo do técnico Dorival Júnior no comando do Santos.

"Eu entendo a não convocação dele. O Mano tem suas razões e com certeza vê no Neymar um potencial grande. Seria apenas um puxão de orelha diante dos últimos acontecimentos", disse Ribeiro.

A nova polêmica envolvendo Neymar começou no último dia 15, quando o jogador ofendeu Dorival após ser impedido de bater um pênalti na vitória sobre o Atlético-GO. O jovem foi punido com multa de 30% do salário e ainda foi afastado da partida contra o Guarani, no último domingo.

Dois dias depois, Dorival entrou em rota de colisão com a diretoria alvinegra ao anunciar que o atacante seguiria fora da equipe no clássico contra o Corinthians e acabou demitido. Neymar foi a campo, mas não evitou a derrota por 3 a 2 de sua equipe no clássico da última quarta.

Segundo Wagner Ribeiro, Neymar já mostrou que aprendeu com o erro. "Todas as vezes em que ele errou foi a primeira e última. Quando ele brigou com o jogador do Ceará, atrasou na concentração... Nada disso ocorreu de novo. É um menino de 18 anos, faz parte da idade", disse o agente, enaltecendo a atuação de seu cliente no retorno aos gramados.

"Ontem (quarta) o melhor em campo foi o Neymar. Não só pelo gol que marcou, mas por assistências, jogadas, pela vontade. Ninguém pode falar um "A" do futebol dele ontem. Valoriza e mostra que tem personalidade, sabe suportar pressão", concluiu Wagner Ribeiro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br