Combate: Erick Silva faz encarada mais forte na pesagem do UFC: Johnson x McCall

Combate: Erick Silva faz encarada mais forte na pesagem do UFC: Johnson x McCall

Todos os lutadores ficam dentro dos limites em evento sem maiores surpresas

Numa pesagem sem grandes destaques, o peso-meio-médio brasileiro Erick Silva chamou a atenção pela intensidade. O capixaba protagonizou a encarada mais intensa do evento desta quinta-feira, que precede o UFC: Johnson x McCall, ao colar rosto e corpo em seu adversário, o americano Charlie Brenneman. De resto, todos os lutadores estiveram dentro dos limites de suas categorias, incluindo os semifinalistas do torneio peso-mosca, Demetrious Johnson e Ian McCall, e os brasileiros Carlos Eduardo "Tá Danado" (peso-meio-médio), Bernardo "Trekko" Magalhães (peso-leve), e Caio "Monstro" Magalhães (peso-médio).

O primeiro brasileiro a subir na escala foi Bernardo Trekko, que não teve problemas para marcar 70,3kg, limite exato da categoria leve. Seu adversário, Henry Martinez, ficou no limite de uma libra (cerca de 455g) de tolerância, com 70,7kg. Em seguida, foi a vez de Caio Magalhães, que marcou 84,8kg ao subir na balança. Enquanto os dirigentes do Ultimate seguravam toalhas, o cearense tirou a cueca e conseguiu marcar 84,3kg, dentro do limite de tolerância dos pesos-médios. Seu adversário, Buddy Roberts, pesou 83,9kg.

Lance Benoist foi outro que precisou de "cabaninha" para sua pesagem após marcar 77,9kg em sua primeira tentativa. Na segunda, marcou 77,5kg, dentro do limite. O peso-leve Tim Means, por sua vez, levou um susto ao ter seu peso anunciado como 71,6kg, mais de um quilo acima da marca de sua divisão. Foi um engano da organização, e Means marcou, na verdade, 70,5kg.

Tá Danado, que volta a lutar após mais de um ano parado, pesou 77,3kg para seu confronto com Mike Pierce, que marcou 77,5kg. A encarada entre os dois foi bem educada, bem diferente do confronto entre Erick Silva e Charlie Brenneman. O capixaba, que subiu ao palco acompanhado de Rafael Feijão e marcou 76,6kg, meio quilo abaixo do limite da categoria, colou o rosto e o corpo no rival, que ficou com 77,5kg.

No evento principal, os pesos-moscas Ian McCall e Demetrious Johnson foram cordiais. Os dois voltam a se enfrentar graças a um engano da arbitragem em seu primeiro confronto, em março, quando foi anunciada oficialmente uma vitória de Johnson, mas a soma dos cartões de pontuação apontava empate. Ambos chamaram mais atenção por suas cuecas - a de McCall tinha as cores da bandeira da Etiópia, enquanto a de Johnson era listrada em verde claro e azul escuro. Na encarada, nada de muito intenso, e um cumprimento educado no final.

Confira os valores marcados por cada lutador na pesagem desta quinta-feira:

UFC: Johnson x McCall

8 de junho, em Sunrise (EUA)

CARD PRINCIPAL

PESO-MOSCA (até 56,7kg) - Demetrious Johnson (56,7kg) x Ian McCall (57,1kg)

PESO-MEIO-MÉDIO (até 77,1kg) - Erick Silva (76,6kg) x Charlie Brenneman (77,5kg)

PESO-MEIO-MÉDIO (até 77,1kg) - Josh Neer (77,3kg) x Mike Pyle (77,5kg)

PESOS-GALOS (até 61,2kg) - Scott Jorgensen (61,6kg) x Eddie Wineland (61,4kg)

CARD PRELIMINAR

PESO-MEIO-MÉDIO (até 77,1kg) - Mike Pierce (77,5kg) x Carlos Eduardo "Tá Danado" (77,3kg)

PESO-MEIO-MÉDIO (até 77,1kg) - Seth Baczynski (77,3kg) x Lance Benoist (77,5kg)

PESO-PENA (até 65,8kg) - Leonard Garcia (66,2kg) x Matt Grice (66,2kg)

PESO-GALO (até 61,2kg) - Dustin Pague (61,6kg) x Jared Papazian (60,3kg)

PESO-LEVE (até 70,3kg) - Tim Means (70,5kg) x Justin Salas (70,7kg)

PESO-MÉDIO (até 84kg) - Caio "Monstro" Magalhães (84,3kg) x Buddy Roberts (83,9kg)

PESO-LEVE (até 70,3kg) - Bernardo "Trekko" Magalhães (70,3kg) x Henry Martinez (70,7kg)

PESO-MEIO-MÉDIO (até 77,1kg) - Jake Hecht (77,5kg) x Sean Pierson (77,1kg)

Fonte: sporttv.com