Desavenças: Esforço da diretoria para manter R10 pode selar fim da era Luxa no Flamengo

Desavenças: Esforço da diretoria para manter R10 pode selar fim da era Luxa no Flamengo

O relacionamento entre o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho e o técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a um ponto quase que insustentável

O relacionamento entre o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho e o técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a um ponto quase que insustentável. Os dois têm se falado apenas o necessário e esta desavença se tornou pública após o amistoso contra o Corinthians, no domingo passado, quando o treinador criticou o jogador publicamente. Por conta disso, muitos acreditam que o futuro na Gávea em 2012 terá apenas um dos dois. O esforço da diretoria em resolver a situação do craque rubro-negro pode acabar significando, em breve, a saída do técnico do comando da equipe.

O desgaste ficou em ainda mais evidência nesta quarta-feira, quando tornou-se público que o técnico teria recorrido a câmeras de segurança do hotel em que a delegação rubro-negra ficou em Londrina (PR) para flagrar Ronadinho Gaúcho se encontrar com uma mulher em um dos quartos. O camisa 10 teria revelado a amigos próximos de que não gostou nada da atitude do treinador e que estaria sendo exposto por Luxemburgo para manchar sua imagem com a torcida.

Por conta do não pagamento dos salários do atleta, por parte da Traffic, o irmão e empresário do jogador, Assis, chegou ameaçar romper o vínculo de Ronaldinho com o Flamengo. O próprio camisa 10 tem mostrado muita insatisfação por conta desta questão. No entanto, a diretoria rubro-negra deu um grande passo para resolver este problema e pagar os R$ 3,8 milhões que deve ao craque. Com a permanência do meia, o lado de Luxemburgo ficaria enfraquecido.

A presidente Patrícia Amorim e o vice de finaças, Michel Levy, também não estão com muita paciência com o treinador, principalmente após as declarações do treinador no jogo contra o Corinthians. A demissão de Luxemburgo só não foi levada para frente por conta dos jogos da pré-Libertadores, contra o Real Potosí-BOL. Como a equipe está em fase final de preparação para a competição, a hipótese não foi levada adiante.

No entanto, o técnico do Flamengo já sentiu que a situação não está favorável para o seu lado. Por isso, há uma possibilidade de ele entregar o cargo quando voltar da Bolívia. No atual momento, ele segue com a programação de pré-temporada em Sucre-BOL e do duelo contra o Real Potosí, no dia 25.


Esforço da diretoria por Ronaldinho pode selar fim de Luxemburgo no Flamengo

Fonte: uol.com