Esquecido por Mano Meneses, Fábio segue sonhando

Mano Menezes fez elogios a Fábio, mas optou por outros arqueiros

Novamente esquecido pelo técnico Mano Menezes, Fábio ainda aguarda por uma chance na Seleção Brasileira. Um dos principais destaques do Cruzeiro nas últimas temporadas, o goleiro se firmou como um ídolo do clube e uma referência nacional.

Na convocação desta quinta-feira, Mano se esquivou e preferiu não entrar em detalhes sobre a ausência do goleiro cruzeirense.

"O Fábio pode estar entre os convocados, porque é um grande goleiro. Respeito a opinião de todo mundo, mas tenho as minhas opiniões, tenho as minhas convicções e o que vai me dirigir nesta preparação são as minhas convicções", disse o treinador, que deu a entender que Jefferson, Victor e Júlio César serão os goleiros do Brasil na Copa América 2011.



"Esses três goleiros também estão muito bem. Procuramos não colocar todos dentro da mesma faixa etária porque algum deles pode ter alguma dificuldade de não render bem, e você tem um projeto completo", analisou.

Esperança nunca morre

Após ser decisivo diante do Tolima (COL), quarta-feira passada, quando pegou um pênalti e ajudou o Cruzeiro a conquistar um ponto importante na Libertadores, Fábio demonstrou esperança em aparecer na lista da Seleção.

"Vocês (da imprensa) acompanham mais de perto e estão vendo que eu me dedico ao máximo nos treinamentos e nos jogos. No momento certo, se for vontade de Deus, estou trabalhando para voltar à Seleção, ter uma oportunidade digna de um jogador de uma equipe grande, como é o Cruzeiro", disse o goleiro.

O coro por Fábio é endossado pela torcida celeste, que na tarde desta quinta-feira colocou a hashtag #FábioSeleção entre as mais comentadas do Twitter. O técnico Cuca também espera que o arqueiro celeste ganha uma chance com a camisa amarela.

"Com certeza ele merece uma oportunidade. Logo eu acho o Mano, observando como tem feito, vai dar uma oportunidade para ele", comentou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br