Ex-jogador Rivaldo aconselha turistas a não virem para Olimpíadas

"A coisa está cada vez mais feia no Brasil", publicou ele na web.

O ex-jogador Rivaldo usou as redes sociais para aconselhar os turistas estrangeiros a não visitarem o Brasil, principalmente durante as Olimpíadas do Rio, em agosto deste ano. O ex-meia usou como exemplo o caso da menina Ana Beatriz, de 17 anos, que foi assassinada no sábado, no acesso 4 da Linha Amarela após um arrastão.

“Hoje pela manhã, no Rio de Janeiro, os bandidos mataram esta menina de 17 anos. A coisa está cada vez mais feia no Brasil. Aconselho a todos que têm intenção de visitar o Brasil ou vir para as Olimpíadas no Rio é para que fiquem no seu país de origem. Aqui você estará correndo risco de vida. Isto sem falar nos hospitais públicos que estão sem condições e toda esta bagunça na política brasileira. Só Deus para mudar a situação do nosso Brasil”, escreveu no seu perfil no Instagram.

A imprensa europeia repercutiu o assunto. O jornal catalão “Sport” comentou sobre a “advertência de Rivaldo ao perigo de morte nos Jogos Olímpicos”. “O ex-jogador do Barcelona explodiu contra a insegurança que reina nas ruas de diferentes cidades do Brasil. O ex-futebolista denunciou, através de do Instagram, o assassinato de uma jovem de 17 anos, e aproveitou a oportunidade para apelar a todos os seus seguidores para que não viajem ao Brasil, porque vão se expor ao perigo real de serem mortos”.

Publicação de Rivaldo nas redes sociais (Crédito: Reprodução )
Publicação de Rivaldo nas redes sociais (Crédito: Reprodução )


Fonte: Com informações do Extra