Ex-lutador do Ultimate é investigado por assassinato nos EUA

Gerald Strebendt, que atuou na organização em 2003, teria atirado contra um homem em briga de trânsito.

Uma briga de trânsito na cidade de Springfield, nos Estados Unidos, terminou em morte. O ex-lutador do UFC Gerald Strebendt está sendo investigado por supostamente ter atirado em David Paul Crofut. Strebendt não foi preso porque, segundo a polícia, os primeiros indícios dão conta de que o ex-lutador agiu em legítima defesa.

Gerald Strebendt tem apenas 34 anos, mas já não participa de lutas de MMA desde 2008. Ele atualmente comanda a equipe Northwest Training Center, em Springfield. Strebendt venceu nove lutas nas artes marciais mistas e perdeu sete. Sua única aparição no UFC foi na 44ª edição, no dia 26 de setembro de 2003, quando foi nocauteado por Josh Thomson. Em outras organizações, ele também enfrentou (e foi derrotado por) Sean Sherk, Vitor Shaolin e Charles Bennett.

Fonte: GloboEsporte