Ex-piloto acusa Webber de provocar batidas de propósito em rivais

Ex-piloto acusa Webber de provocar batidas de propósito em rivais

Gerhard Berger afirmou que intenção do australiano era jogar seu carro em Alonso

O ex-piloto Gerhard Berger acusou Mark Webber de tentar atingir um de seus rivais diretos na luta pelo título do Mundial de Fórmula 1 depois que bateu seu carro no muro. Correndo em segundo, o australiano perdeu o controle da RB6 na pista molhada, atingindo Nico Rosberg, da Mercedes.

Para Berger, ex-chefe da Toro Rosso, a intenção do piloto da Red Bull era atingir um de seus rivais diretos para o título uma vez que sua corrida estava perdida, mas acabou acertando Rosberg.

- Ele poderia ter freado e parado o carro no muro. Ele tirou Rosberg, mas foi o piloto errado. Acho que, em sua mente, ele preferiria acertar [Fernando] Alonso ou [Lewis] Hamilton. Acho que ficou bem claro que foi deliberado. Ele bate e sabe que está terminado. Neste momento, você está frustrado e vários pensamentos passam pela cabeça. É muito óbvio, você nota que as rodas não estão travadas.

Logo após a corrida, Rosberg reclamou da atitude do piloto da Red Bull.

- Não entendi porque Webber não pisou no freio. Foi maluquice retornar à pista daquele jeito.

Com o abandono na Coreia do Sul, Webber perdeu a liderança do Mundial para o ferrarista Fernando Alonso, o primeiro a ultrapassar a linha de chegada em Yeongam.

Fonte: R7, www.r7.com