Derrota para Belfort e excesso de peso tiram emprego de Johnson

Derrota para Belfort e excesso de peso tiram emprego de Johnson

O presidente do UFC, Dana White, não perdoou a falta de profissionalismo de Anthony Johnson para a luta contra o brasileiro Vitor Belfort

O presidente do UFC, Dana White, não perdoou a falta de profissionalismo de Anthony Johnson para a luta contra o brasileiro Vitor Belfort. Após ir para a pesagem cerca de cinco quilos acima do limite da categoria e não bater o peso pela terceira vez no Ultimate, o lutador foi derrotado por finalização no primeiro round. Na coletiva de imprensa, o dirigente não perdoou o americano.

- A atitude de Anthony Johnson foi uma das maiores faltas de profissionalismo que eu já vi em toda a minha vida. Seguramente foi o maior desastre da história das pesagens do UFC. Eu sempre digo que no UFC é assim: três strikes e você está fora. Johnson cometeu três erros de uma vez. Então, está fora. Coisas assim não podem acontecer em uma organização como o UFC - finalizou White.

Vitor Belfort também falou sobre o incidente, e disse que jamais se recusaria a lutar no UFC.

- O que aconteceu foi uma imensa falta de respeito do atleta ao se apresentar com 11 libras (cerca de cinco quilos) acima do peso. Mas eu disse ao Dana (White) e ao Lorenzo (Fertitta) que ele poderia estar até com 250 quilos que eu lutaria. Nunca poderia desapontar a eles e nem aos fãs que vieram assistir ao UFC aqui no Rio.

Fonte: Sportv