Fã dribla segurança e agarra Neymar em chegada confusa da seleção

A seleção chegou por volta das 19h30 (22h30 horário de Brasília)

O assédio que não foi visto em Belo Horizonte se fez presente em Lima. Na chegada da seleção brasileira ao Peru, na noite deste domingo (13), cerca de 200 torcedores se aglomeraram em frente ao hotel que servirá de concentração para a equipe e causaram uma pequena confusão no momento em que os jogadores desciam do ônibus e entravam no local.

Um fã driblou o cerco dos seguranças e agarrou Neymar, derrubando o boné do atleta e causando um alvoroço. Três membros do estafe da CBF tiveram trabalho para conter o invasor e normalizar a situação.

Neymar era o mais festejado desde o final da tarde, quando os peruanos começaram a se aglomerar na porta do hotel. Apesar dos gritos de "Peru, Peru", muitos vestiam camisa do Brasil com o número 10 e o nome do craque.

Este foi o segundo problema com invasões envolvendo Neymar nos últimos meses. Em setembro, antes do jogo contra a Colômbia em Manaus, torcedores invadiram o gramado da Arena da Amazônia durante um treino, derrubaram o craque e interromperam a atividade.

A seleção chegou por volta das 19h30 (22h30 pelo horário de Brasília). Desgastada após a viagem de mais de cinco horas, a equipe, que já havia treinado na parte da manhã em Belo Horizonte, foi direto para os quartos e não conversou com a imprensa.

Com a manhã de segunda-feira (14) livre para descanso, o grupo treinará às 17h30 (horário local, com três horas a menos de Brasília) no Estádio Nacional de Lima, palco do jogo da próxima terça-feira (15).

Com 24 pontos e na liderança das Eliminatórias, o Brasil enfrenta o Peru pela 12a rodada do torneio para se aproximar ainda mais da vaga na Copa do Mundo da Rússia 2018.


Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL