Pendurado! Neymar preocupa seleção por sua fama de faltoso

Pendurado! Neymar preocupa seleção por sua fama de faltoso

Punido com cartão amarelo na estreia do Mundial e com histórico de infrações no torneio do ano passado, atacante precisa tomar cuidado nas próximas

A seleção brasileira depende muito de Neymar. Neymar foi o jogador mais faltoso da última Copa das Confederações. Neymar já está pendurado na Copa do Mundo. São três fatos que se associam e assombram o Brasil. O atacante recebeu o único cartão amarelo da Seleção na vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, quando acertou o pescoço de Modric com o braço numa disputa de bola. Isso significa que, se ele for advertido novamente, terá de cumprir suspensão no jogo seguinte.

Segundo informação da Fifa, os cartões são zerados entre as quartas de final e a semifinal. Isso significa que Neymar não poderá levar outro amarelo nas próximas quatro partidas, caso queira jogar todas do Mundial.

Ao contrário da maioria dos campeonatos nacionais, na Copa do Mundo, dois cartões já suspendem um atleta. Na terça-feira, o Brasil vai enfrentar o México, em Fortaleza. Na outra segunda, dia 23, jogará contra Camarões, em Brasília. Caso se classifique na primeira colocação, as oitavas serão no dia 28, em Belo Horizonte, e as quartas no dia 4 de julho, em Fortaleza. Depois disso, quem tiver um cartão amarelo estará livre.

A importância de Neymar para o Brasil é evidente, indiscutível. O jovem é o grande jogador dessa geração, fez dois gols na estreia, é responsável pelas bolas paradas, quem mais dribla... Mas, se ainda há algo a corrigir, é justamente seu desempenho na marcação.

Em 2013, ele foi o jogador mais faltoso da Copa das Confederações: 17 infrações em cinco partidas. Mesmo assim, recebeu somente um cartão amarelo, contra a Itália, no terceiro jogo da primeira fase, numa entrada que tirou De Sciglio do jogo. Conseguiu passar todo o torneio sem desfalcar a Seleção. O excessivo número de infrações se deve ao pedido de Luiz Felipe Scolari para que se empenhe na marcação.

- Ele não é um jogador acostumado a isso, mas se aplica, tenta fazer, motiva-se para isso - elogiou o treinador.

Diante da Croácia, Neymar fez só uma falta. O Brasil, ao todo, cometeu pouquíssimas, apenas cinco. Mas essa do craque, na opinião dos adversários, já poderia tê-lo tirado da próxima partida contra o México. Os jogadores croatas ficaram enfurecidos pelo árbitro Yuichi Nishimura ter dado cartão amarelo, e não vermelho, quando o camisa 10 acertou o braço no rosto de Modric.

- Ele deveria ter recebido o cartão vermelho. Não importa como se chama o jogador, se é cartão vermelho, é vermelho. Todos viram, mas futebol é isso, o árbitro decide em um segundo e depois não podemos fazer nada mais - criticou o meia Rakitic, que deve ser companheiro do brasileiro no Barcelona na próxima temporada.


Faltoso na Copa das Confederações e pendurado, Neymar preocupa seleção

Se por um lado Neymar foi quem mais cometeu faltas no ano passado, também foi, disparado, o mais caçado. Foram 30 infrações sobre o brasileiro. O segundo colocado foi o atacante Balotelli, com 17. Na última quinta-feira, das 20 faltas que a Croácia fez, duas foram no atacante.

Caça ou caçador, é fato que Neymar preocupa muito. Os rivais quando está em campo e os brasileiros se tiver que ficar fora.

Correção: Diferentemente do que foi publicado originalmente, os cartões amarelos são zerados entre as quartas de final e semifinal, e não entre as oitavas e as quartas. A informação inicial foi passada pela CBF, e depois corrigida pela Fifa. A matéria foi publicada às 7h11 e corrigida às 9h45.

Fonte: Globo Esporte