Felipe Massa admite que Williams perdeu espaço

Brasileiro crê que Mercedes e Ferrari e RBR estão melhores

Williams começou a temporada da Fórmula 1 com o objetivo de se consolidar como a terceira força do grid, atrás apenas de Mercedes e Ferrari. Ciente, porém, que teria concorrer com RBR, STR e Force India pela posição. E após três etapas disputas, Felipe Massa admite que um desses rivais pulou na frente da equipe inglesa. 

"Creio que agora temos três times mais rápidos que nós. Três equipes em boa forma, melhor que nós. Podemos até lutar um pouco mais próximos, dependendo da pista, com a RBR em classificações. Mas sabemos que na corrida eles têm um carro muito mais forte",  disse em entrevista à "NBC" no domingo em Xangai, China.

No GP da China do último domingo, vencido por Nico Rosberg (Mercedes), Massa fez uma grande exibição e terminou em sexto, à frente da outra Mercedes, de Lewis Hamilton, que havia largado em último. O brasileiro, porém, não teve equipamento para concorrer com as Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen (2º e 5º), e as RBRs de Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo (3º e 4º). Seu companheiro Valtteri Bottas ficou para trás, em 10º, superado também pelas STRs de Max Verstappen e Carlos Sainz (8º e 9º).


"Terminei na melhor posição que pude. Precisamos muito entender em que pontos os outros carros são melhores que os nossos. Sabemos que não será fácil, mas continuaremos lutando e continuaremos trabalhando" .

Na classificação do Mundial de Pilotos, Massa aparece em sexto, com 22 pontos. O líder é Rosberg, com 75. O próximo desafio é o GP da Rússia, dia 1º de maio, no Circuito de Sochi.

Felipe Massa (Crédito: Getty)
Felipe Massa (Crédito: Getty)


Fonte: Com informações do GloboEsporte.com