Felipe Massa pilota pela primeira vez após acidente

Na semana passada, em Modena, Massa fez testes em um simulador

O brasileiro Felipe Massa voltou a pilotar um carro da Ferrari nesta segunda-feira, 79 dias depois do acidente sofrido no treino classificatório para o GP da Hungria de Fórmula 1. Ele deu algumas voltas com o modelo F2007 na pista de Fiorano, em Maranello, na Itália.

Na semana passada, em Modena, Massa fez testes em um simulador e, em Paris, foi submetido a uma bateria de exames neurológicos e oftalmológicos. Só então foi liberado para voltar a pilotar um carro de Fórmula 1. Antes, ele já tinha matado a saudade das pistas ao andar de kart em São Paulo.

Os exames médicos apontaram que a cirurgia no olho esquerdo de Felipe Massa não deixou sequelas. No dia 25 de julho, o piloto foi atingido por uma mola que se soltou do carro de Rubens Barrichello.

Nesta segunda, Massa pilotou um F2007 privado - não pertencente à equipe - e preparado pelo departamento de clientes de Fórmula 1 da Ferrari. O carro também é equipado com pneus usados na GP2 para não infringir as regras que limitam o número de treinos na F-1.

Após uma primeira volta, Massa entrou nos boxes para, depois, voltar a sair à pista e realizar uma nova série de voltas no traçado.

Massa cogitava competir ainda este ano, durante a última prova da temporada, em Abu Dhabi, mas a Ferrari confirmou que ele apenas retornará à categoria em 2010.

A escuderia afirmou, em comunicado em seu site, que o teste não anuncia de "nenhuma forma" a volta do piloto à competição em "breve".

Além disso, a Ferrari especificou que tudo será feito "gradualmente e sem nenhuma pressa" para permitir a total recuperação do piloto.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com