Fernando Prass deve ser o goleiro da Seleção nas Olimpíadas

Atacante Douglas Costa, do Bayern de Munique, não deve ser chamado

A CBF corre atrás das últimas liberações para formar a relação com 18 jogadores para os Jogos Olímpicos. A montagem desse do elenco desenha duas definições importantes: Fernando Prass, do Palmeiras, é favorito para ser o goleiro no Rio de Janeiro. Já Douglas Costa, do Bayern de Munique-ALE, tem possibilidades pequenas de ser um dos três nomes acima dos 23 anos. 

Um ponto chave para a definição desses três atletas é a liberação do goleiro Ederson. Até o momento, o Benfica-POR não sinalizou à CBF que está disposto a atender a esse pedido. Como ele é o único jovem capaz de ser titular nos Jogos, segundo a avaliação do treinador Rogério Micale, a necessidade de chamar Fernando Prass passa a ser vital. 

Nesse cenário que já tem Neymar assegurado na Olimpíada, a última vaga passa a ser preferencialmente de um zagueiro. Thiago Silva é o favorito da CBF e da comissão técnica, mas o PSG-FRA faz resistência em relação a ceder dois defensores para a competição.

Marquinhos, que também defende o time francês e tem menos de 23 anos, ainda pressiona o clube francês por uma autorização. Caso Thiago não possa participar, a opção ainda pode ser pelo ex-corintiano Gil, atualmente no Shandong-CHN e também na pré-lista de 35 enviada ao Comitê Olímpico. 

Goleiro do Palmeiras, Fernando Prass (Crédito: Reprodução)
Goleiro do Palmeiras, Fernando Prass (Crédito: Reprodução)

Embora tenha sido uma liberação bastante celebrada pelo ex-diretor de seleções Gilmar Rinaldi, Douglas Costa tem chances pequenas de ser um dos eleitos. Tudo porque há uma lista farta de atacantes que podem fazer o mesmo papel que ele na Olimpíada. As presenças do gremista Luan, do santista Gabriel e do palmeirense Gabriel Jesus, além do próprio Neymar, são certas.

Pessoas próximas a Micale asseguram que a opção por Renato Augusto é, inclusive, mais levada em conta que Douglas por características e por dificuldades na faixa central do meio-campo. Felipe Anderson, camisa 10 ideal da equipe para a comissão técnica, passou a enfrentar dificuldades na Lazio-ITA e deixou de ser presença certa na Olimpíada. Rafinha Alcântara do Barcelona-ESP, seu reserva em potencial, não tem condições físicas plenas. 

A série de dores de cabeça ainda traz problemas em outro setor. Fabinho, lateral direito titular, ainda busca liberação do Monaco-FRA, que espera contar com ele para a fase de qualificação da Liga dos Campeões. A situação é idêntica à de Wallace, zagueiro da equipe francesa e provável reserva no Rio de Janeiro. 

Quem está 99% dentro da Olimpíada

No futebol brasileiro, não há restrições sobre jogadores convocados. Os laterais Douglas Santos (Atlético-MG) e Zeca (Santos), o zagueiro Rodrigo Caio (São Paulo), o volante Walace (Grêmio), o meia Gustavo Scarpa (Fluminense) e os atacantes Gabriel (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras) e Luan (Grêmio) estão praticamente dentro da competição. 



Fonte: Com informações do Uol