FIA convoca Renault para explicar suposta "marmelada"

Nesta sexta-feira, a equipe foi convocada para uma audiência no Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo

As suspeitas de que Nelsinho Piquet teria colidido sua Renault para beneficiar Fernando Alonso no Grande Prêmio de Cingapura de 2008 serão mais bem investigadas em 21 de setembro. Nesta sexta-feira, a equipe foi convocada para uma audiência no Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Representantes da Renault, cujos nomes não foram revelados, estarão em Paris em 21 de setembro para responder sobre as acusações de que Nelsinho teria deliberadamente batido nas ruas de Cingapura com o intuito de provocar a entrada do satefy car, o que acabou acontecendo e beneficiou Alonso, que saiu com a vitória.

As revelações de que a FIA está investigando os eventos relacionados àquela prova vieram no último domingo, sendo que nesta sexta a entidade se pronunciou oficialmente de forma inédita sobre o assunto: "Os representantes da escuderia foram chamados para responder acusações de quebra do artigo 151 do Código Esportivo Internacional". O artigo em questão engloba "fraudes e prejuízos" ao interesse dos esportes a motor e eventuais punições referentes a ele incluem punições severas como suspensão de corridas e até banimento do Campeonato Mundial.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br