Fifa põe Espanha e fiasco do Inter entre "momentos" de 2010

Fifa põe Espanha e fiasco do Inter entre "momentos" de 2010

Derrota do Inter para o Mazembe no Mundial foi um "choque para o mundo", disse a Fifa

Em seu site oficial, a Fifa publicou nesta quinta-feira uma retrospectiva de 2010 destacando os 12 principais momentos do futebol no ano. Para a entidade, a "histórica" Copa do Mundo na África do Sul foi o ponto alto da temporada por seu ineditismo, mas entre os outros "momentos mágicos" estão os aniversários de Pelé (70 anos) e Maradona (50) e a surpreendente derrota do Internacional diante do congolês Mazembe no Mundial de Clubes.

Confira os 12 momentos de 2010 destacados pela Fifa

1 - Egito conquista a África novamente, 31 de janeiro

Com uma vitória por 1 a 0 sobre Gana, a seleção egípcia venceu pela terceira vez consecutiva a Copa Africana de Nações, igualando-se a Irã, México e Argentina como as únicas equipes a vencerem três títulos continentais em sequência.

2 - Federação de Comores abre nova sede, 4 de março

O arquipélago africano de Comores, que se filiou à Fifa em 2005 e conta com uma população de 650 mil habitantes, inaugurou uma nova sede para sua Federação de futebol.

3 - Inter de Milão dá fim ao reinado do Barcelona, 28 de abril

Comandada pelo "estrategista" José Mourinho, a equipe italiana freou o avanço do aparentemente imbatível Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões, com uma incrível exibição defensiva no jogo de volta no Camp Nou. Na final, a Inter bateu o Bayern de Munique para conquistar o título europeu pela terceira vez.

4 - Os finalistas de 2006 vão para casa mais cedo, 24 de junho

Uma derrota por 3 a 2 para a Eslováquia na terceira rodada da Copa do Mundo deixou a então campeã mundial Itália com a lanterna do Grupo F e a eliminação na primeira fase. Dois dias antes, a França, vice-campeã de 2006, havia sofrido o mesmo destino. As duas seleções deixaram a África do Sul sem ao menos uma vitória.

5 - A Espanha vence sua primeira Copa do Mundo, 11 de julho

Depois de chegar à África do Sul como favorita, a Espanha perdeu seu jogo de estreia para a Suíça, levantando as velhas questões sobre a capacidade da seleção de vencer o maior torneio do mundo. Porém, o time manteve a calma, venceu seus seis jogos seguintes e "definiu o padrão de futebol" para as outras equipes do planeta.

6 - Mandela comparece à cerimônia de encerramento, 11 de julho

A presença do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela à cerimônia de encerramento "selou o que foi uma emotiva e inesquecível Copa do Mundo". Mandela deu uma volta de carro pelo gramado e foi ovacionado no Estádio Soccer City, em Johannesburgo.

7 - As semifinais da Copa do Mundo feminina Sub-20, 29 de julho

Alemanha, Colômbia, Nigéria e Coreia do Sul "fizeram história" quando se classificaram para as semifinais do Mundial Sub-20 feminino: pela primeira vez, seleções de quatro continentes diferentes chegaram à fase decisiva.

8 - O Quênia abre um centro "Football for Hope", 4 de setembro

O "Football for Hope" (futebol pela esperança) foi a campanha oficial da Fifa para a Copa do Mundo de 2010. Após o primeiro centro ter sido aberto na África do Sul, o Quênia foi o segundo país africano a ter sua sede para o projeto de assistência social por meio do futebol.

9 - Um novo sistema de transferências entra em vigor, 1º de outubro

Depois de dois anos de testes, a Fifa colocou em ação um sistema eletrônico chamado "Tranfer Matching System" (algo como "sistema de combinação de transferências"). O programa tem a intenção de centralizar e simplificar os processos de transferências de jogadores, deixando-as "mais rápidas e transparentes".

10 - Os aniversários de duas lendas, 23 e 30 de outubro

Considerados os dois maiores jogadores da história do futebol, Pelé e Diego Maradona celebraram aniversários especiais em 2010. O brasileiro chegou aos 70 anos, enquanto o argentino - que na Copa do Mundo foi treinador de sua seleção - fez 50.

11 - As sedes das Copas de 2018 e 2022 são nomeadas, 2 de dezembro

"Os olhos do mundo" se fixaram em Zurique, na Suíça, para o anúncio das duas sedes dos Mundiais de 2018 e 2022. De forma surpreendente e inédita, Rússia e Catar, respectivamente, ganharam o direito de organizar a principal competição do futebol mundial.

12 - O TP Mazembe choca o mundo, 14 de dezembro

A vitória do Mazembe, do Congo, sobre o mexicano Pachuca nas quartas de final do Mundial de Clubes já foi uma surpresa, mas ninguém esperava o que aconteceria na semifinal contra o campeão da Copa Libertadores, o Internacional. Os africanos marcaram muito bem, aproveitaram suas chances e venceram por 2 a 0, tornando-se o primeiro time do continente a alcançar a final - onde seriam derrotados por 3 a 0 pela Inter de Milão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br