Fla e Grêmio só empatam por 2 a 2 no Olímpico

Com o resultado, a equipe carioca chega aos 28 pontos e termina a noite na 14ª colocação

No reencontro de Silas com seu ex-clube, Grêmio e Flamengo empataram por 2 a 2, no Olímpico, em partida emocionante. Os cariocas buscaram duas vezes o empate, com Kléberson e Petkovic. Pelo lado gaúcho, marcaram Douglas e Jonas, que fez seu décimo-segundo gol e é o artilheiro isolado do campeonato.

Com o resultado, a equipe carioca chega aos 28 pontos e termina a noite na 14ª colocação. Caso o Atlético-MG vença nesta quinta-feira, o clube da Gávea pode ficar a apenas quatro pontos da zona do rebaixamento.

Já o time tricolor está mais longe da briga na parte de baixo da tabela e chega ao décimo lugar, com 30 pontos.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Palmeiras, no sábado, às 18h30 (horário de Brasília). No mesmo horário, no domingo, o Grêmio encara o Atlético-MG, fora de casa.

O jogo

Após chegar perto em cabeçada de André Lima que resvalou a trave, o Grêmio abriu o placar logo aos 6min, em jogada individual de Douglas, que contou com colaboração do flamenguista Ronaldo Angelim.

O Flamengo não se abateu e partiu em busca do empate. Diogo e Deivid começam a mostrar entrosamento e exigiam atenção dos zagueiros gremistas.

Quando não era pelos pés da dupla de ataque, o time carioca chegava com outros jogadores de frente: aos 20min, Kléberson pegou forte na bola da meia direita e já bola passou perto do ângulo de Victor.

A pressão resultou no gol flamenguista aos 33min, quando Léo Moura gingou na frente de Fábio Santos e cruzou à meia altura, achando Kléberson, que esticou a perna para finalizar pro fundo das redes.

Foi a vez de o Grêmio buscar recuperação. Aos 36min, Souza encheu o pé e Marcelo Lomba salvou o Flamengo com grande defesa.

Disputado, o primeiro tempo ainda teve uma confusão entre os jogadores dos dois times, iniciada por uma tentativa do gremista Jonas em cavar um pênalti. Em clima tenso, a partida foi para o intervalo com promessa de mais emoções.

Os dois treinadores alteraram suas equipes para a etapa complementar. No Flamengo, Ronaldo Angelim e Kléberson deram lugar para Jean e Maldonado. Pelo lado gremista, Lúcio substituiu Fábio Santos.

Da mesma maneira que no primeiro tempo, o Grêmio começou pressionando e chegou cedo ao gol. Aos 10min, Jonas aproveitou desvio de cabeça de André Lima para finalizar no canto de Marcelo Lomba.

Na sequência, faltou pouco para Jonas ampliar: o atacante arrematou do bico da grande área e forçou defesa em dois tempos do goleiro do Flamengo.

Os cariocas responderam aos 20min. Renato alçou falta na área e David cabeceou na trave. A bola ainda pegou em Victor, que saiu bem e afastou para o lado do campo.

No entanto, ao contrário do primeiro tempo, o Grêmio não se recuou e continuou pressionando. Aos 25min, o time tricolor perdeu um gol incrível: Jonas desceu sozinho para o ataque e tentou de cobertura. O chute saiu fraco e o zagueiro salvou. Na continuação do lance, o artilheiro do campeonato tentou acionar Douglas, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 26min, em uma bola cruzada na pequena área, André Lima bateu à queima roupa e exigiu grande defesa de Lomba. Três minutos depois, o goleiro da equipe carioca voltou a trabalhar em chute de Jonas.

Já aos 40min, após diversas oportunidades desperdiçadas pelos mandantes, o Flamengo chegou novamente ao empate: Léo Moura deu bela assistência para Petkovic. Em posição legal, o meia passou por Victor e tocou para o gol vazio.

Fonte: Terra, www.terra.com.br