Fla marca no fim e empata com Botafogo na decisão

Botafogo e Flamengo fizeram um jogo digno de uma final de Campeonato Carioca

Botafogo e Flamengo fizeram um jogo digno de uma final de Campeonato Carioca neste domingo, no Maracanã, e ficaram no empate por 2 a 2 na partida de ida da decisão do Estadual. O time rubro-negro saiu atrás no placar, cedeu a virada ainda no primeiro tempo e buscou a igualdade no final do confronto, comprovando o equilíbrio entre os campeões da Taça Guanabara e Taça Rio, respectivamente.

Para a partida de volta, marcada para o próximo domingo, também no Maracanã, quem vencer ficará com o título do Estadual. Será a chance de ou o Botafogo ou o técnico Cuca, hoje no comando do Flamengo, deixar para trás a fama de ¿vice-campeão¿ que vem os assombrando nos últimos anos.

Gols

Botafogo: Juninho, aos 37min, e Reinaldo, aos 43min do 1º tempo

Flamengo: Juan, aos 20min do 1º tempo, e Willians, aos 39min do 2º tempo

Polêmicas

- Duelo particular entre Cuca e Botafogo, clube que dirigiu nos últimos anos e com o qual perdeu decisões justamente para o Flamengo, seu atual time

Deslizes da arbitragem

- Pênalti duvidoso marcado sobre o lateral-esquerdo Juan, bastante questionado pelos botafoguenses

Ponto Forte do Botafogo

Jogadas de bola parada

Ponto Forte do Flamengo

Descidas pelo lado esquerdo do ataque, com Juan

Ponto Fraco do Botafogo

Aposta nos contra-ataques no segundo tempo, abdicando do ataque

Ponto Fraco do Flamengo

Falta de poder ofensivo de seus atacantes, que pouco chutaram a gol

Personagem do jogo

Reinaldo, que colocou o Botafogo em vantagem contra o clube que o lançou ao futebol

Destaque negativo do jogo

Atitude de Juan no segundo tempo, quando foi driblado por Maicosuel, fez a falta e ainda foi tirar satisfações com o botafoguense

Esquema Tático Botafogo

3-5-2

Renan; Emerson, Leandro Guerreiro e Juninho; Alessandro, Fahel, Léo Silva, Maicosuel (Renato) e Eduardo (Gabriel); Reinaldo (Jean Carioca) e Victor Simões. Técnico: Ney Franco

Esquema Tático Flamengo

3-5-2

Bruno; Wellinton (Erick Flores), Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura (Éverton Silva), Willians, Kléberson, Ibson e Juan; Zé Roberto (Josiel) e Émerson. Técnico: Cuca

Cartões Amarelos

Botafogo: Juninho, Alessandro e Eduardo

Flamengo: Fábio Luciano, Juan e Émerson

Árbitro

Rodrigo Nunes de Sá

Público

63.061 pagantes

Fonte: AE