Fla perde e esta fora da semifinal da Taça Guanabara

Resende derrota Flamengo e vai e segue na copa

A zebra passeou no Maracanã. Em jogo polêmico, com três expulsões e pênalti reclamado pelo Flamengo, o Resende derrotou o Rubronegro por 3 a 1, neste sábado, no Maracanã, e se classificou de forma inédita para a final da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, com gols de Bruno Meneghel (2) e Hiroshi. Josiel descontou. Agora, o Resende espera por Fluminense ou Botafogo, que duelam nesta quarta-feira, às 21h50, também no Estádio Jornalista Mário Filho.

Fábio Luciano e Aírton foram expulsos pelo lado do Flamengo, enquanto Leandro levou vermelho no Resende. O time rubronegro ainda pediu pênalti em cima de Ibson e contestou o marcado a favor do adversário, que originou o primeiro gol da partida.

"Deixo o jogo muito irritado com a arbitragem. Estava uma pressão enorme em cima do Flamengo, pois diziam que a gente só ganhava roubado. O árbitro está de parabéns e nos eliminou da final", esbravejou o lateral-esquerdo Juan.

Torneio Moisés Mathias de Andrade

Na preliminar de Flamengo e Resende, o Americano, após empate no tempo normal em 0 a 0, derrotou o Macaé por 5 a 4 nos pênaltis e se classificou para a final do Torneio Moisés Mathias de Andrade, ex-zagueiro do Bangu, Corinthians, seleção brasileira e outros tantos clubes.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

22min - Bruno Meneghel recebe ótimo lançamento, fica na frente de Bruno, mas manda a bola por cima do travessão

23min - O Flamengo sai jogando errado. Bruno Meneghel recebe na frente e chuta: Fábio Luciano salva praticamente em cima da linha e, na sobra, o próprio Bruno Meneghel arremata para fora.

27min - GOOOLLL DO RESENDE!!! Léo faz ótima jogada individual e é derrubado por Aírton dentro da área. Bruno Meneghel bate, a bola vai na trave direita, nas costas de Bruno e entra.

41min - O Flamengo chega. A bola é levantada para dentro da área, Obina tenta, mas a zaga do Resende tira a bola do atacante no momento certo.

SEGUNDO TEMPO

4min - Léo recebe pela esquerda e toca para Bruno Meneghel. O atacante chuta, mas Juan salva o Flamengo em cima da linha.

31min - GOOOLLL DO RESENDE!!! Bruno Meneghel recebe livre e chuta para a defesa de Bruno. A bola volta para o Resende. Hiroshi acerta uma bomba de longe e manda no ângulo esquerdo do goleiro do Flamengo.

41min - GOOOLLL DO FLAMENGO!!! Após cruzamento da esquerda de Willians, Josiel divide com goleiro e toca a bola para o fundo da rede.

46min - GOOOLLL DO RESENDE!!! Bruno Meneghel recebe na frente e toca na saída de Bruno.

O jogo

Apesar do técnico Cuca ter afirmado que o calor não poderia servir de desculpa para o Flamengo, a equipe rubronegra começou de forma lenta a semifinal, talvez incomodada pelos 36º no Maracanã. Os laterais Leonardo Moura e Juan, principais armas do ataque, pouco produziam.

Desta maneira, o Resende, que até então estava se defendendo, começou atacar. Aos 22 e 23 minutos, Bruno Meneghel perdeu duas chances incríveis na frente de Bruno. Porém, aos 27, mesmo cobrando mal o pênalti, o próprio Bruno Meneghel abriu o placar para o time do interior.

No lance do pênalti, Aírton, que já tinha amarelo e cometeu falta dentro da área em Léo, acabou sendo expulso pelo árbitro Felipe Gomes da Silva. Com isso, para segurar o seu sistema defensivo, Cuca sacou Zé Roberto e colocou Kléberson.

A partir daí, o Flamengo se perdeu totalmente. No fim, aos 44 minutos, a situação se complicou ainda mais. Após ser xingado por Fábio Luciano, Felipe Gomes da Silva mostrou cartão vermelho para o zagueiro e deixou o Rubronegro com dois a menos.

O Flamengo voltou para o segundo tempo um pouco mais empolgado. Porém, sem criação, o time tentava qualquer jogada na base da raça. O Resende, por sua vez, teve a chance de aumentar novamente com Bruno Meneghel, mas o lateral-esquerdo Juan tirou a bola em cima da linha. Logo depois, aos oito minutos, Leandro, que já tinha amarelo, parou um ataque do Flamengo e levou cartão vermelho.

ANÁLISE DE JUCA KFOURI

Em pleno sábado de Carnaval, o Flamengo foi protagonista de um drama vexaminoso no Maracanã

BLOG DO JUCA KFOURI

Percebendo que poderia mudar o rumo da partida, Cuca, aos 17, tirou Obina e colocou Josiel. Dois minutos depois, após cruzamento de Marcelinho Paraíba, o atacante mandou a bola para o fundo da rede, mas o auxiliar Rodrigo Pereira Joia, corretamente, marcou impedimento. Aos 20, o time rubronegro pediu um pênalti em cima de Ibson, ignorado pelo árbitro.

O ímpeto do Flamengo caiu e com o tempo passando, a vaga na final da Taça Guanabara. Na última cartada, aos 30, Cuca sacou Leonardo Moura e colocou o argentino Maxi Biancucchi. Só que no minuto seguinte, Hiroshi, num belo chute de fora da área, marcou o segundo do Resende.

O Flamengo ainda diminuiu com Josiel, aos 41 minutos. Nos minutos finais, a equipe carioca pressionou, tentou de todas as formas, mas, aos 46, Bruno Meneghel marcou o terceiro do Resende e sacramentou a vaga na grande decisão da Taça Guanabara.

FLAMENGO 1 x 3 RESENDE

Flamengo

Bruno; Aírton, Fábio Luciano e Thiago Sales; Leonardo Moura (Maxi Biancucchi), Willians, Ibson, Marcelinho Paraíba e Juan; Zé Roberto (Kléberson) e Obina (Josiel).

Técnico: Cuca

Resende

Cléber; Leandro, Breno e Naílton; Bruno Leite, Fred (Fábio Azevedo), Márcio Gomes (Hiroshi), Léo e Marquinhos; Bruno Meneghel e Fabiano (Beto).

Técnico: Antônio Carlos Roy

Data: 21/2/2009 (sábado)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva

Auxiliares: Eduardo de Souza Couto e Rodrigo Pereira Joia

Público: 27.761 (pagantes) e 29.971 (presentes)

Renda: R$ 454.380,00

Cartões amarelos: Aírton, Juan, Obina e Marcelinho Paraíba (Flamengo). Leandro, Fred, Márcio Gomes, Marquinhos e Bruno Meneghel (Resende).

Cartões vermelhos: Aírton, aos 27 minutos; e Fábio Luciano, aos 44 minutos do primeiro tempo (Flamengo). Leandro, aos 8 minutos do segundo tempo (Resende).

Gols: Bruno Meneghel, aos 27 minutos do primeiro tempo. Hiroshi, aos 31 minutos; Josiel, aos 41 minutos; e Bruno Meneghel, aos 46 minutos do segundo tempo.

Fonte: AE/G1