Flamengo tem novo revés na Justiça e Sport segue campeão

Flamengo tem novo revés na Justiça e Sport segue campeão

Flamengo, da presidente Patrícia Amorim, segue lutando para tentar reaver polêmico título

O departamento jurídico do Flamengo apelou à Fifa e à justiça pernambucana na tentativa de reaver o título do polêmico Campeonato Brasileiro de 1987 no último mês de junho, mas sofreu outro revés com a decisão do desembargador federal Francisco Cavalcanti, que negou o agravo do time carioca e deixou a taça nas mãos do Sport.

A nova vitória na batalha contra o clube do Rio foi comemorada por Arnaldo Barros, diretor jurídico do Sport: "O Desembargador federal Francisco Cavalcanti entendeu que os recursos perderam o objeto, pois a obrigação a que foi condenada a CBF foi satisfeita", disse.

Em fevereiro de 2011, a CBF havia publicado resolução atestando os dois times como campeões brasileiros de 1987. Na ocasião, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, comemorou: "Esse é um dia histórico para o Flamengo. Quero homenagear todos os jogadores da campanha de 87 e o técnico Carlinhos. Vocês são agora os legítimos campeões de 87, e o Flamengo tem de direito seis títulos de campeão brasileiro", afirmou à epoca.

No dia 27 de maio, o Sport já tinha conhecimento da decisão da justiça pernambucana e acionou a CBF para que a entidade também reconhecesse. Depois de três semanas, a nova resolução foi editada afirmando expressamente que o Sport era o único campeão do Campeonato Brasileiro de 1987.

Foi nesse momento em que o Flamengo impetrou um recurso para reverter a decisão, o qual foi negado pela Justiça pernambucana, que manteve o título para o time de Recife.

A batalha judicial deve continuar até que a Fifa tome uma resolução definitiva, situação que ainda não tem previsão para acontecer. Até lá, legalmente, o título da Copa União de 1987 é do Sport Club do Recife.

Fonte: Terra, www.terra.com.br