Flamengo consegue vencer o Grêmio e volta para o G-4

O Flamengo foi melhor durante a maior parte do primeiro tempo.

Foi um "Dia D" para o torcedor rubro-negro: "D" de Damião e "D" de Diego. Com um gol do centroavante e outro do meia (que fazia sua estreia), um em cada tempo, o Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 1 no Mané Garrincha, em Brasília, e voltou ao G-4. O Fla pulou para terceiro (ainda pode ser ultrapassado pelo Santos, que joga à noite contra o Coritiba) com 37 pontos, dois a mais do que o Grêmio, que caiu para quinto, mas ainda tem um jogo a menos.

O Flamengo foi melhor durante a maior parte do primeiro tempo. Na etapa inicial, criou oito chances reais de gol, contra nenhuma do Grêmio. No segundo tempo, viu o time gaúcho ensaiar uma pressão e reclamar muito a não marcação de um pênalti de Rafael Vaz. Os gremistas ainda ensaiaram uma pressão no fim (Henrique Almeida descontou logo depois do gol de Diego), mas o Flamengo soube cozinhar o jogo e segurar o resultado.

Foram 31 dias de espera para a estreia de Diego, que retribuiu bem em campo. O meia liderou a blitz do Flamengo desde os primeiros minutos de jogo em Brasília. Pará carimbou a trave aos 11, Damião acertou o lado de fora da rede aos 14 e parou em Marcelo Grohe após bela bicicleta aos 24 minutos. O gol não demorou a sair. Em mais um cruzamento para a área do Grêmio, Damião emendou o chute de primeira, a bola bateu na mão de Geromel, e o árbitro marcou o pênalti. O centroavante, que estreava como titular, foi para a cobrança e marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. No total, o Flamengo teve oito chances claras de gol no primeiro tempo, contra apenas um bom chute do Grêmio (de Everton) nesse período.

No intervalo, Roger Machado trocou Wallace Oliveira por Lincoln, que havia treinado bem durante a semana. O Grêmio teve uma ligeira melhora e reclamou muito a não marcação do pênalti no lance em que a bola bate na mão de Rafael Vaz. O ímpeto gremista durou 10 minutos, até que o Flamengo, já sem Damião, voltasse a dominar o jogo. O segundo gol surgiu aos 24, com Diego, de cabeça, completando cruzamento perfeito de Pará. O Grêmio, porém, voltou para o jogo no lance seguinte, com Henrique Almeida marcando em lance confuso na área rubro-negra. O Grêmio ainda ensaiou uma pressão, mas o Flamengo soube cozinhar o jogo e segurar o resultado.

Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Flamengo e Grêmio (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Globoesporte.com