Flamengo conversa com empresário e deve manter Adriano em 2010

O atacante deixou claro depois da conquista do hexacampeonato, no dia 6 de dezembro, que teria uma conversa decisiva com sua mãe

A permanência de Adriano está cada vez mais perto de se tornar uma certeza para a diretoria do Flamengo. Neste sábado, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, tomou café da manhã com o empresário Gilmar Rinaldi, em São Paulo, e recebeu informações importantes sobre o destino do jogador em 2010. Ficar no Flamengo sempre foi prioridade na cabeça de Adriano, que recebeu propostas de clubes da Europa desde o anúncio de sua contratação em maio.

O atacante deixou claro depois da conquista do hexacampeonato, no dia 6 de dezembro, que teria uma conversa decisiva com sua mãe, Rosilda, para determinar o seu futuro. Vale lembrar que Adriano deixou a Inter de Milão dizendo estar infeliz na Itália. Segundo ele, a proximidade com os amigos e o local onde foi criado, a Vila Cruzeiro, poderiam fazer com que recuperasse a alegria de jogar futebol. Marcos Braz tem tratado o assunto com cautela, mas está confiante.

A tentativa de contratação de Vágner Love, do Palmeiras, teria deixado de ser uma prioridade, segundo o dirigente rubro-negro. A preocupação era ter um nome de respeito no ataque e, com a provável definição da permanência de Adriano, o espaço, então, estaria preenchido.

O cartola está em São Paulo desde quinta-feira para resolver uma série de pendências. Uma delas é a situação do volante Aírton, que tem proposta oficial do Benfica. Hoje, haverá uma nova série de reuniões com representantes da Traffic e do Nova Iguaçu, donos de 35% e 50% dos direitos econômicos do jogador, respectivamente. O Flamengo tem 15%.

A multa rescisória é de 8 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões). Mas, se o valor oferecido se aproximar de R$ 10 milhões, deverá ser o suficiente para o Flamengo liberar Aírton. Caso contrário, ele ficará no clube, como é o desejo do técnico Andrade. Sobre o apoiador Everton, o Flamengo já se entendeu com a Traffic e, agora, vai conversar com o empresário do jogador para acertar a renovação de seu contrato.

Com relação a possíveis reforços, o diretor executivo Eduardo Manhães tem mantido contato com o empresário Luiz Alberto, responsável pela administração do Avaí. O Flamengo tem interesse na contratação do meia Marquinhos, mas tem a concorrência do Santos, que parece ser a preferência do jogador, principalmente por não ter tido boa passagem pelo clube carioca em 2002.

Fonte: Terra, www.terra.com.br