Flamengo derruba Botafogo com dois gols de Thiago Neves e se classifica para a semifinal da Taça Rio

Flamengo derruba Botafogo com dois gols de Thiago Neves e se classifica para a semifinal da Taça Rio

Com a vitória no clássico, o Fla chegou aos 15 pontos e não pode ser alcançado pelo Americano

Ainda invicto na temporada, o Flamengo conquistou a classificação à semifinal da Taça Rio com uma rodada de antecipação. A equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo derrotou o Botafogo por 2 a 0, neste domingo, no Engenhão. De quebra, a equipe complicou o rival, que depende de outros resultados para avançar à fase final. Thiago Neves marcou os dois gols da partida.

Com a vitória no clássico, o Fla chegou aos 15 pontos e não pode ser alcançado pelo Americano, que perdeu para o Fluminense. Se vencer a Taça Rio, o clube conquista o Estadual, pois já venceu a Taça Guanabara. Já o Botafogo soma 11 pontos e está a três do Fluminense e Olaria.

Na última rodada da fase de classificação do segundo turno do Campeonato Carioca, o Botafogo vai precisar vencer o rebaixado América, além de torcer por derrotas do Fluminense e Olaria, contra Nova Iguaçu e Vasco, respectivamente. Já o Flamengo vai cumprir tabela contra o Macaé.

Para homenagear as vítimas da chacina da escola Municipal Tasso da Silveira em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro, o Flamengo entrou em campo com alguns alunos sobreviventes. Antes da partida, o estádio fez um minuto de silêncio em respeito as crianças mortas.

O jogo

Com as duas equipes buscando a vitória para conquistar vaga (Flamengo) ou continuar na briga por vaga (Botafogo) na semifinal da Taça Rio, o jogo começou movimentado no Engenhão. O Fla era mais perigoso, enquanto o adversário apostava nas bolas alçadas na área para aproveitar o bom desempenho de Loco Abreu pelo alto.

Apesar do jogo movimentado, a primeira chance de perigo de gol aconteceu aos 14min. Rodrigo Alvim cruzou do lado esquerdo. Ronaldinho se antecipou a marcação e cabeceou livre na entrada da pequena área. O camisa 10 cabeceou mal e a bola passou por cima do gol defendido por Jefferson.

A primeira vez que a bola área no Botafogo funcionou foi aos 19min. Alessandro cruzou da direita e Loco Abreu, na segunda trave, testou para fora. Criticado pela torcida na época de Joel Santana por abusar dos cruzamentos, o time continuou usando o mesmo artifício no clássico.

O Botafogo teve nova chance de inaugurar o marcador no Engenhão aos 22min. O volanet Marcelo Mattos aproveitou rebote na entrada da área e soltou uma bomba. A bola pegou curva e passou por cima do gol defendido pelo goleiro Felipe com muito perigo.

Com boa movimentação, Ronaldinho relembrou os tempos em que era ponta-esquerda do Barcelona aos 27min. O jogador recebeu lançamento pelo lado do campo, arrancou em diagonal, fintou o marcador e chutou colocado. O zagueiro João Felipe fez bem a cobertura e se atirou na bola para evitar qualquer perigo para o goleiro Jefferson. O defensor saiu vibrando com o lance.

Depois de o Botafogo desperdiçar oportunidade após chute fraco de Somália, o Flamengo abriu o marcador aos 34min. Em jogada pelo flanco esquerdo, Rodrigo Alvim tocou para Renato Abreu. Marcado por Arévalo Rios, o meia foi até a linha de fundo e cruzou para a área. Thiago Neves apareceu atrás da marcação e escorou para o fundo das redes do Engenhão, dando provisoriamente a vaga para o clube na fase semifinal.

A resposta do Botafogo foi quase que imediata ao gol sofrida. Aos 36min, Marcelo Mattos recebeu a bola livre no lado direito e cruzou para a área em direção de Loco Abreu. O atacante uruguaio dominou no peito e finalizou no canto direito de Felipe, que espalmou a bola para escanteio.

Com menos de 30s do segundo tempo, o goleiro Felipe quase se complicou. Lucas, que entrou no lugar de Bruno Tiago, recebeu passe na ponta direita e tentou cruzar rasteiro em direção de Loco Abreu. O camisa 1 do Flamengo saiu bem, mas não segurou a bola. O arqueiro quase se atrapalhou com a zaga antes de dominar novamente.

O goleiro Felipe voltou a falhar aos 4min. Em bola lançada na área, o arqueiro do Flamengo saiu mal e a bola sobrou para Somália. Com o gol livre, o curinga do Botafogo ganhou a disputa no alto e cabeceou para o gol. A bola ia para fora, mas David Braz preferiu afastar o perigo e mandar para escanteio.

O Flamengo passou a esperar o adversário em seu campo, que continuou apostando nas bolas aéreas. O problema foi o mal jogo de Felipe. Aos 13min, Lucas cruzou na área e o goleiro da equipe rubro-negra saiu errado pela terceira vez só na segunda etapa. Loco Abreu aproveitou o rebote e cabeceou para fora.

Com o Botafogo sempre buscando a bola para Loco Abreu na área e com o Flamengo recuado, o jogo perdeu em qualidade técnica na etapa final. Já com Diego Maurício no lugar de Deivid, o clube rubro-negro passou a buscar as jogadas pelo lado do campo.

Em rápido contra-ataque, o Flamengo chegou com perigo aos 27min. Ronaldinho fez grande lançamento para Thiago Neves. O jogador saiu livre na esquerda e tentou tocar para Diego Maurício livre na área. Mas Antônio Carlos acompanhou o lance e evitou o segundo gol ao cortar a bola antes de chegar no adversário.

A entrada de Caio no lugar de Éverton melhorou o Botafogo, que passou a apostar nas jogadas pelo lado direito. Aos 30min, o volante Marcelo Mattos finalizou da entrada da área e a bola passou rente à trave do gol defendido pelo goleiro Felipe.

Em contra-ataque, o Flamengo fechou o marcador, aos 43min. Thiago Neves recebeu bom lançamento no lado esquerdo do ataque de Léo Moura, dominou e chutou na saída do goleiro Jefferson para confirmar a vitória flamenguista.

FICHA TÉCNICA

Botafogo 0 x 2 Flamengo

Gols

Botafogo:

Flamengo: Thiago Neves aos 34min do 1º tempo e aos 43min do 2º tempo

Botafogo

Jefferson; Alessandro, João Felipe, Antônio Carlos, Somália (Guilherme); Marcelo Mattos, Arévalo Rios, Bruno Tiago (Lucas), Éverton (Caio); Herrera e Loco Abreu

Técnico: Caio Júnior

Flamengo

Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz, Rodrigo Alvim; Maldonado, Willians (Fierro), Renato Abreu, Thiago Neves, Ronaldinho e Deivid (Diego Maurício)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões amarelos

Botafogo: Herrera, Somália, Arévalo Rios, Antônio Carlos, João Felipe, Loco Abreu e Caio

Flamengo: Willians, Welinton, Ronaldinho, Maldonado, David Braz e Felipe

Árbitro

Wagner do Nascimento Magalhães

Local

Estádio do Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra, www.terra.com.br