Flamengo e Fluminense empatam no Maracanã

Em sétimo lugar, com 37 pontos, a equipe está a 11 do líder Grêmio

O Fluminense vencia o cl?ssico e calava a maioria flamenguista no Maracan?. Isso at? os 43 minutos do segundo tempo, quando um gol de Kleberson garantiu o emocionante empate por 2 a 2

Se ainda sonhava com o t?tulo, o Flamengo precisar? de uma calculadora para manter as esperan?as. Em s?timo lugar, com 37 pontos, a equipe est? a 11 do l?der Gr?mio.

Apesar de pressionar durante quase toda a partida, o Fla sentiu a falta de um homem-gol. Para piorar, pela segunda partida consecutiva, o goleiro Bruno teve uma falha decisiva. Sorte que o argentino Sambueza entrou bem e "deu" um gol para Kleberson no fim do jogo.

Certeiro nos chutes de longa dist?ncia, o Fluminense esteve pr?ximo da terceira vit?ria em quatro jogos sob o comando de Cuca. O argentino Conca e Maur?cio fizeram os gols. Com 24 pontos, o Flu ainda ? pressionado pela zona de rebaixamento.

Chutes de longe do Flu vencem Bruno

Buscando o t?tulo, o Flamengo entrou em campo pressionado pela vit?ria do Gr?mio sobre o Vasco. Por isso, saiu freneticamente ao ataque e deixou a defesa exposta aos contra-ataques do Flu. Em um deles, aos 7 minutos, Everton Santos carregou demais e demorou a passar para Arouca. Atento, Leo Moura fez o desarme.

No lance seguinte, por?m, o Tricolor marcou um gola?o. Roger cruzou da esquerda, Ja?lton rebateu mal para a entrada da ?rea e Conca, de primeira com a perna esquerda, acertou o ?ngulo esquerdo de Bruno.

Marcelinho Para?ba teve a chance do empate aos 13, mas recebeu o passe de Juan e chutou para fora. O Flamengo cresceu no jogo. Uma troca de passes entre Juan e Marcelinho deixou Everton livre na ponta esquerda. A finaliza??o cruzou toda a pequena ?rea e nenhum rubro-negro apareceu.

Washington teve a chance de ampliar para o Flu, mas chutou por cima. O erro custou caro. Na seq??ncia, aos 25, Tor? chutou uma vez e Fernando Henrique espalmou. A bola sobrou e novamente Tor? arriscou e o goleiro tricolor pegou. A bola continuou na ?rea tricolor e sobrou para Marcelinho Para?ba chutar de direita e ultrapassar a linha. O ?rbitro Leonardo Gaciba confirmou que quando o camisa 1 do Flu fez a defesa . Na comemora??o, o atacante flamenguista botou a m?o no cabelo, pintado de vermelho e preto especialmente para a partida.

A igualdade empolgou a torcida rubro-negra, maioria absoluta no est?dio. Aos 30, Juan lan?ou, Obina recebeu livre, dominou, mas bateu rasteiro ? direita do gol de Fernando Henrique.

O equil?brio deu a t?nica da partida. Aos 33, Luiz Alberto cabeceou para fora dentro da ?rea flamenguista. Sete minutos depois, Tor? recebeu bola na ?rea, chutou forte e Fernando Henrique espalmou.

Fonte: Globo Esporte