Flamengo ganha do Figueirense e segue atrás do Palmeiras

Os cariocas contaram com a presença da torcida no Pacaembu.

O Flamengo mostrou que segue na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Figueirense por 2 a 0, neste domingo, no Pacaembu. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 50 pontos e permanecem apenas um atrás do líder Palmeiras. Já os catarinenses seguem com apenas 28, dentro da zona de rebaixamento.

Os cariocas contaram com a presença da torcida no Pacaembu, e dominaram o confronto. O Flamengo foi para o intervalo a frente no marcador após gol de Willian Arão. No segundo tempo, Diego fez de pênalti para sacramentar o triunfo rubro-negro na manhã deste domingo.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Cruzeiro, no próximo domingo, em Cariacica. No mesmo dia, o Figueirense vai receber o Santa Cruz, no Orlando Scarpelli, em duelo de desesperados.

O jogo

Desde os primeiros minutos, o Flamengo pressionou o Figueirense em busca do gol. No entanto, os rubro-negros tinham dificuldade em passar pela retranca dos catarinenses. O primeiro chute aconteceu somente aos 11 minutos, quando Rafael Vaz arriscou de longe e viu a bola passar à direita da trave.

Aos poucos, os cariocas aumentaram o poder ofensivo e conseguiram criar espaços. Aos 17 minutos, Arão tocou para Diego na área. O meia chutou cruzado, mas a bola passou à esquerda da trave de Gatito Fernández. Depois, foi a vez do próprio Arão arriscar e mandar sobre o travessão.

O Flamengo teve a chance de abrir o placar aos 31, após o árbitro marcar pênalti, em lance que a bola pegou no braço de Ayrton após cabeceio de Leandro Damião. O próprio atacante foi para a cobrança, mas Gatito Fernández acertou o canto e fez a defesa.

Os cariocas não se abateram com a perda do pênalti e abriram o placar aos 36 minutos. Willian Arão aproveitou cruzamento do zagueiro Rafael Vaz e cabeceou no canto, sem chance para o goleiro rival.

Após o gol, os flamenguistas diminuíram o ritmo, principalmente pelo forte calor no Pacaembu. Com isso, o Figueirense conseguiu avançar em alguns momentos, mas sem levar qualquer perigo ao gol de Alex Muralha. Com isso, os rubro-negros administraram o resultado até o intervalo.

No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. O Flamengo seguia melhor em campo e quase ampliou aos 4 minutos. Leandro Damião lançou Diego, que chutou para boa defesa de Gatito Fernández. Dois minutos depois, Leandro Damião recebeu cruzamento rasteiro, mas chutou por cima do travessão. O Figueirense tentava avançar com mais intensidade que na etapa inicial, e conseguiu finalizar aos 10 minutos, com Bady, sem qualquer perigo.

A resposta rubro-negra veio no minuto seguinte. Após novo cruzamento rasteiro pela direita, a bola chegou em Leandro Damião, mas o atacante acertou na trave. No rebote, Gabriel fez a finalização, só que para fora.

Quando o confronto se encontrava em equilíbrio, o Flamengo acabou com as esperanças do Figueirense, aos 25 minutos. Felipe Vizeu foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti. Desta vez, Diego foi para a cobrança e colocou na rede.

Após o baque, o Figueira não teve mais forças para buscar o resultado. Com isso, o Flamengo cresceu na partida, e quase chegou ao terceiro, aos 28. Alan Patrick achou Arão na área. O volante tocou para Felipe Vizeu finalizar, mas Gatito Fernández fez milagre para salvar os catarinenses.

Para piorar a situação dos visitantes, o lateral esquerdo Marquinhos Pedroso foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. Depois disso, o Flamengo diminuiu o ritmo e apenas administrou o resultado até o apito final.

Fonte: Terra