Flamengo pode ter Guerrero como 'antídoto' contra pressão do Galo

Fla ainda está tentando assimilar a derrota de 2 a 0 para Coritiba

O Flamengo ainda está tentando assimilar a derrota de 2 a 0 para o Coritiba. Porém, para isso, vai precisar agir rapidamente, já que no domingo tem outro difícil compromisso, às 16h (de Brasília), contra o Atlético-MG, vice-líder, fora de casa.

O técnico Oswaldo de Oliveira procurou mostrar aos jogadores que será importante fazer a leitura correta da partida, uma vez que a expectativa é a de que os atleticanos pressionem desde os primeiros minutos.

O atacante Paolo Guerrero pode ser o principal reforço do Flamengo para o duelo contra o Atlético. Recuperado de lesão no tornozelo direito o jogador encontrou a delegação em Brasília e, neste sábado, segue com o grupo para a capital mineira.

Seu aproveitamento, porém, só vai acontecer se não existir nenhum risco de agravar a lesão. “Nós temos muitos jogos pela frente e por isso mesmo precisamos analisar bem a situação do jogador. Ele só vai ser utilizado se realmente estiver em perfeitas condições e não existir o risco de comprometer alguma escala do processo”, avisou Oswaldo de Oliveira. Se Guerrero tem chance de voltar, o zagueiro Wallace e o atacante Emerson Shiek, ambos com estiramento muscular na coxa direita, foram mais uma vez vetados e sequer se juntaram à delegação.

Agora a previsão é a de que eles retornem no clássico diante do Vasco, no próximo fim de semana. Quem também está fora é o zagueiro Cesar Martins, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Coritiba e cumpre suspensão. Sem Wallace, o treinador vai montar a zaga com Samir e Marcelo.

Neste sábado o elenco treina no Centro de Treinamento do Brasiliense e depois viaja para Minas Gerais.Na visão do lateral esquerdo Jorge, o Flamengo deverá ser pressionado desde os primeiros minutos, pela natureza do time do Atlético. Na visão dele a partida será interessante porque os flamenguistas não costumar ficar esperando o rival se posicionar. “O Flamengo sabe que vai encontrar dificuldades neste jogo porque o Atlético Mineiro joga em casa e vai procurar se impor desde os primeiros minutos. Vamos precisar estar atentos porque eles vão tentar abrir o marcador rapidamente”, afirmou Jorge. O meia Everton tem a mesma linha de raciocínio. “O Atlético Mineiro vai tentar tomar a iniciativa do confronto porque joga em casa e com certeza a torcida vai apoiar em peso. O Flamengo vai precisar saber controlar bem essa situação, pois temos que conseguir um resultado positivo. Vamos encontrar dificuldades e isso faz parte quando se está diante de um rival de grande qualidade. Porém o resultado é muito importante para a nossa equipe neste momento e não podemos abrir mão disso”, analisou o apoiador.

Fonte: Terra