Flamengo prepara notificação para que Alex Silva reapareça

Rubro-Negro quer que zagueiro treine separadamente, contesta dívidas e não cede a pressão para liberá-lo


Flamengo prepara notificação para que Alex Silva reaparecer
Em meio à pendenga que se tornou o caso de Alex Silva, o Flamengo prepara uma notificação para enviar ao zagueiro. Ainda com contrato até junho de 2014 e sendo funcionário do clube, ele não aparece para treinar desde o último dia 25. Em reunião entre dirigentes e advogados, o Rubro-Negro decidiu não ceder à pressão por parte de representantes de Alex para liberá-lo ao Santos até o fim da temporada de graça. O Flamengo pediu R$ 1 milhão.

Informado sobre a possibilidade de ser notificado pelo Flamengo, Alex Silva não se negou a voltar a treinar, mas disse que só o fará depois do carnaval. O defensor está em Amparo, no interior de São Paulo.

Segundo dirigentes que acompanham os bastidores do caso, Alex Silva ganharia cerca de R$ 200 mil no Santos. No Flamengo, seus vencimentos são de R$ 270 mil. Sendo assim, com base na intangibilidade de salário, o Rubro-Negro teria que complementar o valor com R$ 70 mil, já que ele ainda teria ligação contratual com o clube da Gávea.

O Flamengo evita ataques públicos, mas as posturas do empresário de Alex Silva, Luiz Taveira, e a do advogado Regis Villas Boas têm causado extrema irritação. Na reunião que aconteceu na Gávea na tarde de segunda-feira e que contou com a presença do vice de finanças Michel Levy e dos representantes do jogador, o clube rebateu questionamentos como as cobranças de salários atrasados e pagamentos de luvas e direitos de imagem.

Isso porque é acordado com os jogadores que o pagamento dos salários é feito no dia 25. Já em relação aos direitos de imagem e luvas, existe uma pendenga já que o Rubro-Negro não teria recebido nota fiscal por parte do jogador - parte dos vencimentos é pago a Alex Silva como pessoa jurídica.

- Aceitamos negociar sem o Alex retirar a ação. O Flamengo só quer conversar quando o Alex retirar o processo, então não tem negócio - explicou Luiz Taveira nessa terça-feira.

O Flamengo, que detém 100% dos direitos econômicos sobre o jogador, recebeu propostas de clubes da China e França, mas Alex Silva quer permanecer no Brasil.

O Rubro-Negro quer que o zagueiro retire a ação que move contra o clube, cobrando na Justiça luvas, direitos de imagem, parcelas de FGTS e salários atrasados. Ele perdeu em primeira instância, mas recorreu. E, mesmo que o advogado do zagueiro consiga uma liminar e a liberação do atleta, o caso não estará encerrado. Se mais adiante o Flamengo conseguir ganho de causa, o clube que tiver contratado o jogador terá que arcar com uma pesada multa estabelecida em contrato.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com