Flamengo vence com gol de Vagner  Love e afasta o Vasco da liderança do Brasileirão

Flamengo vence com gol de Vagner Love e afasta o Vasco da liderança do Brasileirão

Derrotado pelo Palmeiras na última rodada, o Flamengo voltou a vencer e entrar no grupo dos dez melhores classificados.

O torcedor vascaíno que compareceu ao Engenhão na noite deste domingo entrou animado no estádio. Os retornos de Dedé, que serviu a Seleção Brasileira no amistoso contra a Suécia, e Éder Luís, recuperado de lesão, no entanto, foram os únicos motivos para comemorar. Dentro do gramado, o Flamengo venceu o time de São Januário pelo placar de 1 a 0 e se reabilitou no Campeonato Brasileiro ao final da 18ª rodada da competição. Vagner Love assinalou o único gol do clássico fluminense.

Derrotado pelo Palmeiras na última rodada, o Flamengo voltou a vencer e entrar no grupo dos dez melhores classificados. O time comandado por Dorival Júnior chegou aos 25 pontos e subiu para o nono lugar. Por outro lado, o Vasco, sem vencer há três jogos (duas derrotas e um empate), permanece na terceira posição com 35 pontos, sete atrás do líder Atlético-MG, que venceu neste domingo o Botafogo.

O resultado acabou fazendo justiça à maior objetividade do Flamengo que soube aproveitar a oportunidade que apareceu para definir o resultado da partida. O Vasco teve um desempenho bastante irregular e nas poucas vezes em que conseguiu concluir, o goleiro Felipe apareceu com destaque. Na próxima rodada, o time rubro-negro enfrentará o Botafogo, enquanto o Vasco terá o Fluminense pela frente, em duelos válidos pela última rodada do primeiro turno.

O Vasco começou a partida marcando a saída de bola do Flamengo para bloquear a troca de passes da equipe rubro-negra, mas foi o Flamengo que criou a primeira jogada de perigo aos três minutos, quando Luiz Antonio se aproveitou de espaço na defesa vascaína e mandou a bomba para fora. A resposta veio em ótima jogada de Éder Luis, que driblou Ramon e cruzou, mas Luiz Antonio fez o corte e aliviou o perigo.

Depois dos 15min, o Vasco recuou sua marcação e a providência fez o Flamengo perder o espaço que tinha para manobrar em velocidade. Os dois times cometiam muitas faltas e truncavam o jogo. Em 30 minutos de partida, quatro cartões amarelos já haviam sido mostrados.

Aos 31min, após cruzamento de Juninho, Dedé cabeceou e Felipe teve que salvar duas vezes para evitar que a bola entrasse. No minuto seguinte, Felipe lançou Wendel que bateu de fora da área e obrigou o goleiro do Flamengo a se esticar todo para mandar a bola para escanteio. O Vasco dominava a partida, mas foi o Flamengo quem abriu o marcador.

Ex-vascaíno, o lateral Ramon fez boa jogada individual e chutou rasteiro da entrada da área. O goleiro Fernando Prass soltou a bola e Vagner Love entrou em velocidade para aproveitar o rebote e marcar seu nono gol na competição.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Carlos Alberto no lugar de Felipe numa tentativa de se tornar mais agressivo. E logo no primeiro minuto, o time de São Januário ameaçou em chute forte do zagueiro Dedé, que abandonou a zaga para concluir a jogada. A resposta do Flamengo veio numa avançada pela esquerda de Renato Abreu, que driblou Juninho na linha de fundo, mas a bola foi bloqueada pela zaga.

O Flamengo controlava a partida, bloqueando as avanços do Vasco e esticando bolas para Negueba e Love, que buscavam espaços nas costas dos zagueiros vascaínos. A partida caiu demais de ritmo, já que o time rubro-negro apenas defendia o resultado, enquanto e o Vasco não mostrava força para entrar na defesa adversária.

Mesmo retraído, o Flamengo criou a melhor chance da etapa complementar. Adryan fez ótima jogada pela esquerda e fez um passe na medida para o lateral Léo Moura, que, praticamente dentro do gol, se atrapalhou com a bola e deixou que ela escapasse pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 0 VASCO

Gols:

FLAMENGO: Vagner Love, aos 38min do 1º tempo

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Welinton, Marcos González e Ramon (Deivid); Victor Cáceres, Luiz Antônio, Renato Abreu e Thomás (Adryan), Negueba (Muralha) e Vagner Love.

Técnico: Dorival Júnior.

VASCO: Fernando Prass; Auremir, Dedé, Douglas e William Matheus; Nilton, Wendel (Eduardo Costa), Juninho e Felipe (Carlos Alberto); Eder Luís (Pipico) e Alecsandro.

Técnico: Cristóvão Borges.

Cartões Amarelos

FLAMENGO: Marcos González, Negueba, Adryan e Léo Moura

VASCO: Felipe, Nilton, Alecsandro e Carlos Alberto

Árbitro

Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local

Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra