Flu bate o Universidad do Chile e chega à semifinal da Sul-Americana

Flu bate o Universidad e chega à semifinal da Sul-Americana

Guerreiro, Flu bate o Universidad e chega à semifinal da Sul-Americana

Jogando com muita raça e segurando a pressão final do Universidad do Chile, além das pedras atiradas em campo pelos torcedores locais, o Fluminense fez 1 a 0, gol de Fred, nesta quinta-feira, em Santiago, e chegou a uma semifinal inédita da Copa Sul-Americana. Agora, o Tricolor encara o Cerro Porteño, do Paraguai, que eliminou o Botafogo.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

12min - Maicon faz boa jogada individual e rola para Fred, que fica na frente do gol, mas manda a bola para fora.

24min - Mariano faz boa jogada pela direita e cruza para dentro da área. Miguel Pinto sai mal do gol e a bola sobra limpa para Maicon, que perde uma chance incrível.

30min - Darío Conca bate escanteio, a zaga do Universidad do Chile corta a bola, Mariano pega a sobra e manda à direita de Miguel Pinto.

SEGUNDO TEMPO

13min - Rojas chuta de longe, Rafael cai no canto direito e faz uma difícil defesa. No rebote, Dalton corta para o Fluminense.

15min - GOOOLLL DO FLUMINENSE!!! Maicon cruza para dentro da área, Fred entra de cabeça e manda a bola no canto direito de Miguel Pinto.

32min - Após centro da esquerda, Darío Conca ajeita a bola e rola para Fred, que chuta para a sensacional defesa de Miguel Pinto.

46min - Pressão do Universidad do Chile. Olivera dá uma bicicleta, Rafael espalma e salva o Fluminense.

VEJA FOTOS DA PARTIDA

PÁGINA DO FLUMINENSE

TABELA DA SUL-AMERICANA

Após o apito final do árbitro argentino Saúl Laverni, os jogadores do Universidad do Chile quiseram partir para briga com os jogadores do Fluminense, mas logo a turma do "deixa disso" chegou e acalmou as ânimos.

Porém, a festa da classificação precisa ser esquecida agora. Isso porque, no domingo, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã, o Tricolor, que luta contra o rebaixamento, recebe o Palmeiras, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

lEIA MAIS

Mesmo atuando fora de casa, o Fluminense, que precisava da vitória ou empate, mas a partir de 3 a 3, para sair de Santiago classificado à semifinal da Copa Sul-Americana, começou a partida em cima do Universidad do Chile. Com uma defesa bem armada, o Tricolor não deixava o adversário trocar passes.

Jogando pelas laterais, alternando entre Mariano e Marquinho, o Fluminense criou boas oportunidades, principalmente com o atacante Maicon, que poderia ter inaugurado o placar após a falha do goleiro Miguel Pinto.

O Universidad do Chile "incomodou" apenas nos dez minutos finais do primeiro tempo, quando aproveitou uma instabilidade da defesa do Fluminense. A etapa inicial terminou mesmo 0 a 0. "Estamos jogando bem. Falta apenas acertar o último passe para o gol sair. Vamos conversar no intervalo e corrigir este problema", disse o técnico Cuca.

O segundo tempo começou e último passe continuou sendo o problema do Fluminense. Porém, de tanto insistir, Maicon, aos 15 minutos, acertou o cruzamento para Fred, que entrou de cabeça a botou o Tricolor em vantagem: 1 a 0.

Atrás no placar e vendo a eliminação da Copa Sul-Americana mais próxima, o Universidad entrou em desespero. Aos 33 minutos, um torcedor do time chileno atirou uma pedra que pegou no auxiliar Julio Ayala. O jogo ficou paralisado por dois minutos e foi reiniciado.

Nos últimos dez minutos de partida, o Universidad do Chile, perdido por um ou por mil, foi com tudo para cima do Fluminense e começou a cruzar bola para dentro da área. O Tricolor, bem armado, segurou o placar por 1 a 0 e se classificou para uma semifinal inédita da Copa Sul-Americana.

UNIVERSIDAD DO CHILE 0 x 1 FLUMINENSE

Universidad do Chile

Miguel Pinto; González (Diaz), Victorino, Olarra e Contreras; Seymour (Nelson Pinto), Iturra, Rojas e Puch; Montillo (Gomez) e Olivera.

Técnico: Jose Basualdo

Fluminense

Rafael; Dalton, Digão e Gum; Mariano, Diogo, Diguinho, Darío Conca (Maurício) e Marquinho (João Paulo); Maicon e Fred (Alan).

Técnico: Cuca

Data: 05/11/2009 (quinta-feira)

Local: Estádio Santa Laura, Santiago (Chile)

Árbitro: Saúl Laverni (Argentina)

Auxiliares: Gustavo Esquivel (Argentina) e Julio Ayala (Argentina)

Cartões amarelos: González, Victorino, Rojas, Olarra e Diaz (Universidad do Chile). Fred e Diguinho (Fluminense).

Gol: Fred, aos 15 minutos do segundo tempo.

Fonte: AE