Flu espanta má fase e vence o Ceará por 4 a 0

Flu espanta má fase e vence o Ceará por 4 a 0

O time carioca não teve dificuldade para abater o apático Ceará no Engenhão.

Em um jogo fraco tecnicamente, o Fluminense goleou o Ceará por 4 a 0 neste sábado, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols dos atacantes Fred, Souza, Rafael Moura e Rafael Sobis, o time carioca não teve dificuldade para abater o apático Ceará no Engenhão.

O time visitante até começou bem a partida. O Fluminense tinha domínio absoluto da posse de bola, mas não era incisivo e apenas tocava no meio campo, sem objetividade. O Ceará, no entanto, quando chegava levava perigo e chegou a marcar um gol, anulado corretamente.

Mas após o o gol de Fred, que abriu o placar aos 35min do primeiro tempo, a equipe tricolor assumiu o domínio da partida e começou a chegar com mais perigo. O Ceará, acuado, ainda perdeu Heleno nos acréscimos da primeira etapa, e não conseguiu resistir ao rápido ataque do Fluminense depois do intervalo.

Com a vitória, o time carioca ganha três posições na tabela e agora ocupa a 8ª posição do campeonato, com os mesmos 18 pontos que o Ceará, que caiu duas posições e agora está em 10º.

O Fluminense volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h (de Brasília) quando enfrenta o Internacional no Engenhão. Já o Ceará joga na quarta-feira, às 18h30, quando recebe o Avaí no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

O jogo

O primeiro tempo do jogo começou morno, com o Fluminense mantendo o domínio da posse de bola e trocando passes no campo do adversário. No entanto, as primeiras chances de gol foram do Ceará, que teve um gol corretamente anulado aos 11min. Aos 22min, Osvaldo aproveitou uma distração do zagueiro Edinho e roubou a bola na frente da área do Fluminense. O atacante ficou na cara do goleiro Diego Cavalieri, mas incrivelmente chutou para fora.

Os cariocas responderam e pressionaram o adversário nos minutos seguintes, mas sem criar nenhuma chance clara de gol. As duas equipes abusavam das faltas no meio campo e dos cruzamentos na área.

Aos 35min, o Fluminense teve uma falta mais perigosa, bem próxima à área cearense. Após a cobrança de falta, Fred antecipou-se a Diego e abriu o placar da partida. O Ceará sentiu o golpe e deixou de encaixar os contra ataques que haviam levado perigo no começo do jogo. O Fluminense melhorou na partida e, aos 44min, Marquinho recebeu de Fred e bateu cruzado, mas o goleiro Diego fez uma boa defesa.

Abatido, o Ceará se complicou ainda mais aos 46min da primeira etapa, quando Heleno, em uma jogada infantil no meio de campo, acertou um chute no peito de Fred e foi expulso pelo árbitro.

Na segunda etapa, logo aos 2min, o estreante Sobis recebeu na entrada da área, girou, e bateu à esquerda da meta de Diego, com perigo. Pouco depois, Carlinhos fez boa jogada pela direita e cruzou. O zagueiro Diego tentou cortar, mas jogou a bola para o meio da área, nos pés de Souza, que só completou para o gol livre.

A essa altura, a partida já parecia definida. Mesmo conseguindo tocar a bola no campo adversário por algum tempo, o Ceará parecia o Fluminense da primeira etapa, e era questão de tempo para que o time tricolor marcasse. Aos 18min, Rafael Sobis recebeu na área de Marquinho, tabelou com Fred e bateu cruzado, fazendo 3 a 0. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa do Fluminense.

O Ceará ainda teve uma boa chance com Osvaldo, que arriscou da intermediária e acertou o travessão, mas Rafael Moura liquidou a fatura aos 31min. Em cobrança de falta da esquerda, Souza jogou na área e o atacante só desviou de cabeça, no canto esquerdo de Diego. Daí em diante, o Fluminense só administrou a vantagem, e encaixava contra-ataques, Aos 34min Rafael Moura ainda botou uma bola na trave.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 4 X 0 Ceará

Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ

Data: 31 de julho de 2011, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Carlos Berckembrock (Fifa-SC) e Lincoln Ribeiro (MT)

Cartões amarelos: Márcio Rosário e Carlinhos (Fluminense); Diego Sacoman (Ceará)

Cartão vermelho: Heleno (Ceará)

GOLS:

FLUMINENSE: Fred, aos 35min do primeiro tempo; Souza, aos 3min do segundo tempo; Rafael Sóbis, aos 18min do segundo tempo; Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Fernando Bob, Edinho, Souza (Wallace) e Marquinho (Julio Cesar); Rafael Sobis (Rafael Moura) e Fred

Técnico: Abel Braga

CEARÁ: Diego; Boiadeiro (Patrick), Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Heleno, Michel, João Marcos e Enrico (Rudnei); Osvaldo e Marcelo Nicácio (Felipe Azevedo)

Técnico: Vágner Mancini

Fonte: Terra, www.terra.com.br