Fluminense espera reencontrar jogo na Libertadores

Tricolor enfrenta o Nacional (URU) nesta quarta-feira (23), às 22h, no Engenhão

A Libertadores mal começou, mas o Fluminense já entrará em campo pressionado. Depois de empatar, em casa, na estreia, a equipe sabe que somente o triunfo diante do Nacional (URU), nesta quarta-feira (23), às 22h, trará paz as Laranjeiras. Para isso, o time reconhece que precisa ?achar? seu jogo.

Atual campeão brasileiro, o Tricolor iniciou a temporada com ares de favorito ao título do Carioca e do torneio continental. No entanto, as atuações têm deixado a desejar. No sábado (19), o time foi eliminado pelo modesto Boavista da Taça Guanabara.

Como forma de evitar uma possível crise, o elenco, mantido da temporada 2010 para essa, sabe que está devendo uma grande atuação. Para o meia Marquinho, a formação mais ofensiva pode ter desequilibrado o setor defensivo, como revelou o meia Marquinho.

- Ainda não achamos um jeito legal de jogar. Ano passado mudávamos a equipe e o nível era mantido. Parece que mudou a característica do time, mas temos de voltar logo a vencer.

De fato, o Tricolor em 2011, embora com praticamente as mesmas caras da temporada passada, está diferente. A melhor defesa do Brasileirão 2010 tem cometido muitos erros e sendo criticada. Marquinho, que ganhou a vaga de titular no meio-campo, quer ajudar a corrigir isso.

- No ano passado a gente mais marcava do que jogava. Hoje já estamos tomando mais gol, mas fazendo muito mais em compensação. É questão de tempo para acertar. Daqui a pouco aliamos os dois setores e o melhor futebol vai voltar, vamos vencer várias partidas direto.

No entanto, para isso começar a ocorrer já nesta quarta-feira, o Fluminense, mais uma vez, terá o desfalque de Fred no ataque. Com dores na panturrilha esquerda, o jogador, que não participou do empate por 2 a 2 com o Argentinos Jrs., está vetado.

Para piorar, Emerson ainda não está liberado para voltar e Rafael Moura sente dores nas costas, sendo dúvida para a partida. Rodriguinho, reserva do setor, lesionou a coxa direita e desfalcará a equipe por três meses.

Com tantos problemas, o técnico Muricy Ramalho pode ser obrigado a escalar Araújo ao lado de Tartá ou Willians no ataque, caso o He-Man, que faz tratamento intensivo para entrar em campo, fique fora.

Talvez em situação ainda mais complicada no Grupo 3 da Libertadores esteja o Nacional, que perdeu na estreia para o America-MEX, que lidera o Grupo 3. Porém, ao desembarcar no Rio de Janeiro, o meia Matias Cabrera esbanjou confiança e disse que os uruguaios irão aproveitar os pontos fracos dos brasileiros.

- O Fluminense tem muitas falhas defensivas e vamos aproveitá-las. Os laterais, por exemplo, sobem ao ataque sem critério e poderemos tirar proveito do espaço que eles deixam.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X NACIONAL (URU)

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 23 de fevereiro de 2011 (quarta-feira)

Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)

Auxiliares: Nicolás Yegros e Milcíades Saldívar (ambos do PAR)

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Marquinho e Conca; Araújo e Rafael Moura (Tartá)

Técnico: Muricy Ramalho

NACIONAL: Leonardo Burián; Gabriel Marques, Alejandro Lembo, Sebastián Coates e Christian Nuñez; Mauricio Pereyra, Fucundo Piriz e Matías Cabrera; Richard Porta, Bruno Fornaroli e Nicolás Vigneri

Técnico: Juan Ramón Carrasco

Fonte: R7, www.r7.com