Fluminense frustra desejo de Fred e veta recuperação "familiar" em MG

O jogador queria se recuperar da lesão em Belo Horizonte, na clínica do médico da seleção brasileira e do Atlético-MG, Rodrigo Lasmar.

Ao contrário do que desejava, o atacante Fred tratará o estiramento que sofreu no músculo anterior da coxa direita no Fluminense. O jogador queria se recuperar da lesão em Belo Horizonte, na clínica do médico da seleção brasileira e do Atlético-MG, Rodrigo Lasmar. A proximidade com os familiares seria o principal atrativo.


Fluminense frustra desejo de Fred e veta recuperação

Apesar do Fluminense não divulgar um prazo oficial, a previsão é que Fred retorne aos campos somente em três meses. Com isso, o atacante voltará apenas nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Para amenizar o período em que permanecerá parado, Fred pretendia realizar parte da recuperação junto de seus familiares e amigos. O jogador é natural de Teófilo Otoni, cidade do interior de Minas, além de ter passado por América-MG e Cruzeiro no início da carreira. Ele chegou a ficar quatro dias de folga na capital mineira na semana passada.

"Nós demos ao Fred os dias que achávamos justo que ele tivesse de descanso. Nesta segunda-feira ele já esteve até mesmo treinando nas Laranjeiras. Fará todo o tratamento no Fluminense. Já temos um cronograma definido, o qual ele seguirá na sua recuperação", disse o diretor de futebol do Fluminense, Rodrigo Caetano.

Outro atrativo para que Fred optasse por Belo Horizonte era a possibilidade de se tratar com o médico da seleção brasileira e do Atlético-MG, Rodrigo Lasmar. O integrante da comissão técnica de Felipão o ajudaria na recuperação para seu principal objetivo no momento, a disputa da Copa do Mundo de 2014.

O Fluminense busca recuperar seu principal jogador após uma temporada irregular com a camisa tricolor. Enquanto brilhou na Copa das Confederações pela seleção brasileira, Fred marcou apenas oito gols pelo time carioca em 2013, número bastante abaixo de marcas anteriores do atleta nas Laranjeiras.

A decisão do Fluminense de exigir a presença de Fred nas Laranjeiras acontece depois de um imbróglio envolvendo o assunto com Deco. O agora aposentado meia chegou a entrar em atrito com a direção do Tricolor após solicitar serviços de profissionais de fora do clube, como de um fisioterapeuta e o advogado Marcos Motta, que cuidou de sua defesa no caso de doping.

O time também acompanha com cuidado a recuperação do camisa 9 por conta do alto número de desfalques que a equipe tem sofrido em 2013. Na última partida, a vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, o Tricolor teve de começar a partida com dois garotos no ataque (Marcos Junior e Samuel), já que Rhayner estava suspenso e Rafael Sóbis iniciou o duelo no banco, poupado com dores musculares.

O Fluminense volta a campo às 19h30 de quarta-feira, contra o Atlético-PR, no Durival Britto, em Curitiba. A partida será válida pela 20ª rodada do Brasileiro.

Fonte: UOL