Fluminense goleia e fecha grupo em 1º

Everton Santos, com dois gols, foi o nome do jogo

O Fluminense está nas semifinais da Taça Guanabara. Com a vitória por 4 a 0 sobre o Tigres, neste domingo, em São Januário, o Tricolor alcançou a primeira colocação do Grupo A, com 11 pontos, beneficiado pelo empate entre Cabofriense e Duque de Caxias e pela derrota do Americano para o Resende. Everton Santos, com dois gols, foi o nome do jogo. Na luta pela vaga na decisão, o Tricolor vai enfrentar o Botafogo, em data ainda a ser definida pela FERJ.

Mesmo que o Vasco recupere os pontos perdidos no TJD por ter escalado Jéferson irregularmente, o Fluminense não perderá a vaga. Se isso acontecer, o Tricolor passará para a segunda colocação do grupo e mudará de adversário: enfrentará o Flamengo na semifinal. O julgamento está marcado para a próxima terça-feira.

Enquanto a resposta do tribunal não sai, a torcida tricolor aproveitou para tripudiar na casa do rival, que corre o risco de ficar fora das finais.

Gato preto não deu azar ao time

Quando um gato preto cruzou toda a extensão do gramado de São Januário, logo aos 12 minutos do primeiro tempo, muitos torcedores do Fluminense pensaram que poderia ser um aviso de que algo de errado estava para acontecer na partida contra o Tigres. Mas tudo ficou apenas no pensamento. Dentro de campo, o time tricolor não apresentou bom futebol, mas cresceu durante o jogo e garantiu os três pontos.

Curiosamente, o Tricolor teve a primeira boa chance na partida logo depois que o gato preto cruzou o gramado. Aos 17 minutos, Roger recebeu pela direita e chutou forte para boa defesa do goleiro Marcos Paulo. Dois minutos depois, Thiago Neves tabelou com Roger, recebeu na frente do goleiro, mas chutou fraco e perdeu o gol.

Depois disso a partida caiu muito na parte técnica e o Tigres cresceu em campo. Aos 38 minutos, o time da Baixada Fluminense teve ótima chance. André Bocão recebeu de Sorato, entrou na área e chutou para fora. No minuto seguinte, a paciência do técnico René Simões com o atacante Roger chegou ao fim e ele substituiu o camisa 9 por Everton Santos.

Em apenas sete minutos, o atacante reserva mudou a cara do jogo. Aos 44, arrancou pela esquerda e finalizou com perigo, obrigando Marcos Paulo a fazer grande defesa. Mas aos 46, o Tricolor furou a defesa do Tigres. Thiago Neves fez lançamento perfeito para Everton Santos, que teve calma para esperar o goleiro sair e chutar rasteiro no canto esquerdo para fazer 1 a 0.

Everton Santos é o nome do jogo

No início do segundo tempo, o Fluminense voltou a jogar mal. Se perdeu na marcação do Tigres e criou pouco. Nem mesmo Thiago Neves e Conca conseguiam criar chances contra o time da Baixada.

Até que, aos 22 minutos, Everton Santos recebeu passe de Maicon e mesmo marcado de perto por um zagueiro, conseguiu bater alto e cruzado, sem chances para Marcos Paulo. O atacante, que em 14 jogos com a camisa tricolor, não havia conseguido marcar, fez seu segundo gol no jogo.

Aos 31, Mariano cruzou da direita e Maicon cabeceou forte. Marcos Paulo conseguiu espalmar, mas o atacante tricolor, caído, completou para o gol. Logo depois chegou a notícia de que o Duque de Caxias havia marcado um gol contra o Cabofriense, o que garantia a vaga tricolor (o jogo terminou empatado por 2 x 2). No fim, Thiago Neves ainda marcou o quarto após chutar duas vezes no gol de Marcos Paulo. Tudo perfeito para a festa tricolor na casa do Vasco.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com