Fluminense perde na estreia de Muricy

Sem Conca e Fred, o Fluminense até abriu o marcador nesta noite com André Lima

Muricy Ramalho não teve uma boa estreia pelo Fluminense. Nesta quinta-feira, o treinador viu sua equipe ser derrotada pelo Grêmio, em pleno Maracanã, por 3 a 2 pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Com o resultado, o Grêmio pode perder por até 2 a 1 no jogo de volta que ainda assim conquistará uma vaga na semifinal. Já o Fluminense precisa vencer por dois gols de vantagem para se classificar diretamente, ou devolver os 3 a 2 para levar a decisão para as penalidades.

Sem Conca e Fred, o Fluminense até abriu o marcador nesta noite com André Lima. Porém, não demorou para o Grêmio virar com Douglas e Jônatas. Na etapa final, o time gaúcho, já sem o zagueiro Rodrigo, expulso, Douglas marcou mais uma vez, enquanto a equipe da casa descontou com Equi González aproveitando falha do goleiro Victor.

Fluminense e Grêmio voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil na próxima quarta-feira, no Estádio Olímpico.

Antes de encarar o Fluminense pelo segundo jogo das oitavas da Copa do Brasil, porém, o Grêmio terá o Inter pela frente na partida decisiva do Campeonato Gaúcho, neste domingo. No confronto de ida, no Beira-Rio, o time do técnico Silas venceu por 2 a 0 e pode até perder por um gol de diferença para ficar com o título.



O jogo

Sem poder contar com Conca (suspenso) e Fred (que sentiu uma indisposição pouco antes da partida), o técnico Muricy Ramalho escalou Marquinhos e André Lima. E não demorou para o atacante mostrar serviço.

Depois de um começo de partida equilibrado em um gramado prejudicado pelas chuvas, o Fluminense conseguiu abrir o marcador aos 12min. Mariano avançou pela direita e cruzou para André Lima, totalmente livre na área, cabeceou para balançar as redes gremistas.

O time gaúcho, porém, não se abalou com o gol. Tanto que aos 19min, chegou ao empate. Jonas recebeu na área pela esquerda e "entortou" três adversário antes de cruzar para Douglas, que chutou e viu Gum cortar. Contudo, a bola voltou para o camisa 10 cabecear, deslocando o goleiro Rafael.

O Grêmio cresceu após marcar o gol e conseguiu a virada aos 31min. Borges avançou pela esquerda e deu o passe para Jonas, que contou com a falha da zaga do Fluminense no corte para dominar e escolher o canto (o direito do goleiro Rafael).

Em desvantagem, o Fluminense tentou responder aos 35min, mas Victor defendeu o chute forte de Wellington Silva. Antes do fim do primeiro tempo, o Grêmio, que teve chance de ampliar com Jonas, perdeu Rodrigo expulso.

Fluminense pressiona, mas Grêmio amplia

Na volta para o segundo tempo, Muricy Ramalho colocou Equi González na vaga de Digão tentando deixar o time mais ofensivo. A equipe até pressionou o Grêmio, mas o time gaúcho suportou a pressão e criou as melhores chances.

Na primeira delas, aos 11min, Borges protegeu e Hugo acertou a trave de Rafael. Aos 27min, porém, a equipe gaúcha chegou ao terceiro gol: Borges fez o pivô para Douglas, que invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado.

Quando as primeiras vaias eram ouvidas, o Fluminense conseguiu descontar. Aos 32min, Mariano cruzou fechado da direita e Victor falhou ao tentar fazer o corte. Adeílson tocou para trás e Equi Gonzalez tocou para o fundo das redes.

O Fluminense, então, partiu para o ataque e só não conseguiu o empate porque Victor se redimiu da falha do segundo gol do time carioca ao fazer grande defesa em chute de Adeílson aos 39min.

Fonte: Terra, www.terra.com.br