Fluminense vence Cruzeiro com 2 gols de Rafael Moura

O time carioca alcançou a segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Cruzeiro



Antes de se apresentar, o futuro técnico do Fluminense Abel Braga mandou o auxiliar Leomir para comandar a equipe. Na estreia da nova comissão técnica, o time carioca alcançou a segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Cruzeiro por 2 a 1, neste sábado, no Engenhão.

Substituto de Fred, que está servindo à Seleção Brasileira, Rafael Moura fez os dois gols do Fluminense na partida. O primeiro aos 46min do primeiro tempo. O Cruzeiro chegou a empatar aos 21min do segundo tempo com Anselmo Ramon, mas o centroavante do Fluminense garantiu o triunfo do time tricolor aos 26min.

Com o triunfo, o Fluminense encosta nos líderes e soma 6 pontos. Na próxima rodada, o time carioca vai enfrentar o Corinthians no Estádio do Pacaembu, às 16h (de Brasília), na primeira partida de Abel Braga no comando.

O Cruzeiro continua com péssima campanha e apenas um ponto em três partidas. A equipe mineira volta a campo no próximo sábado. Em Sete Lagoas, os comandados de Cuca recebem o Santos, às 18h30 (de Brasília).

As duas equipes tiveram desfalques por conta do amistoso entre Brasil e Holanda, neste sábado, em Goiânia. Autor dos dois gols do Fluminense, Rafael Moura foi o substituto de Fred no comando de ataque da equipe. Já o Cruzeiro teve dois desfalque, o goleiro Fábio e o volante Henrique, substituídos por Rafael e Vitor.

O jogo

O confronto no Engenhão começou morno, com as duas equipes se estudando e tocando a bola no meio-campo. Em casa, o Fluminense tomou a iniciativa e criou as primeiras oportunidades. Aos 12min, Conca cobrou escanteio e Gum desviou com perigo, mas a bola não foi na direção do gol e a bola saiu pela linha de fundo.

Em jogada individual de Montillo, o Cruzeiro respondeu com perigo aos 17min. O argentino passou pela marcação até sofrer falta perto da área. Gilberto cobrou falta e a bola passou por cima de meta de Ricardo Berna com muito perigo. O time mineiro melhorou e voltou a chegar dois minutos depois. Thiago Ribeiro chutou e o goleiro do Fluminense deu rebote. Gilberto tentou dar continuidade ao lance, mas estava em posição irregular.

Com mais posse de bola de que o adversário, o Cruzeiro criou as melhores oportunidades. Aos 27min, Montillo cobrou falta lateral, a bola passou por todos na área, mas Valencia mandou para a linha de fundo para afastar o perigo.

Com boas jogadas de Conca pelo lado direito, o Fluminense voltou a crescer na partida e dominou o terço final do primeiro tempo. Mas o gol surgiu apenas nos acréscimos. Aos 46min, Deco cobrou falta no lado direito da área e Rafael Moura subiu mais que o marcador para completar para o fundo das redes no chuvoso Engenhão.

Em busca da primeira vitória na competição, o técnico Cuca alterou o Cruzeiro no retorno do intervalo. Sacou o meia Everton, que jogava como lateral esquerdo, e Thiago Ribeiro para colocar dois centroavantes: Brandão e Anselmo Ramon.

Porém, foi o Fluminense que começou o segundo tempo pressionando. Logo no primeiro minuto, Conca recebeu passe de Deco e arriscou de fora da área. O chute rasteiro se tornou traiçoeiro com o gramado molhado e Rafael teve que se esticar para espalmar a bola para escanteio. Aos 5min, Edinho bateu colocado da entrada da área e o goleiro cruzeirense defendeu bem o arremate do volante.

Aos poucos a alteração de Cuca passou a surtir efeito e o Cruzeiro ia se acercando ao gol adversário. Aos 12min, o treinador fez a última alteração ao trocar o lateral, colocando Pablo no lugar de Vitor. E em jogada pelo setor direito, Leandro Euzébio se complicou ao tentar cortar um cruzamento e quase marcou contra.

Leomir tentou dar velocidade ao ataque ao sacar Rodriguinho para a entrada de Rodriguinho, mas foi o Cruzeiro que chegou ao gol. Aos 21min, Anselmo Ramon tabelou com Brandão em jogada rápida, recebeu dentro da área e completou para o fundo das redes, empatando a partida no Engenhão.

O empate no placar não durou muito tempo e o Fluminense voltou a ficar em vantagem aos 26min. Valencia apareceu no setor ofensivo e fez grande passe para Rafael Moura. O centroavante entrou atrás da zaga adversário e chutou cruzado para anotar o segundo tento do time carioca na partida.

O Cruzeiro sentiu o baque após sofrer o segundo gol e não conseguiu mais pressionar o Flu na tentativa de empatar novamente. Pelo contrário, foi a equipe tricolor que ameaçou. Aos 37min, Deco cobrou falta com maestria e o chute acertou o travessão da meta defendida por Rafael, que tentou alcançar a bola, sem sucesso.

O time mineiro foi para o tudo ou nada nos minutos finais. Apesar das bolas alçadas na área, o Cruzeiro não conseguiu assustar Ricardo Berna e permanece sem vencer no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br