Fluminense vence e se recupera para Libertadores

Fluminense vence e se recupera para Libertadores

Antes do clássico com o Flamengo e de importante partida da Copa Libertadores, a equipe deu uma boa prévia

Na noite deste sábado, o Fluminense deu indícios de que pode fornecer ao seu torcedor algum referencial de como deve se portar a partir de agora. A campanha ruim na primeira fase da Taça Guanabara, o título conquistado e a estreia com derrota na Taça Rio podem ter deixado o torcedor sem saber o que esperar.

Antes do clássico com o Flamengo e de importante partida da Copa Libertadores, a equipe deu uma boa prévia: vitória segura por 3 a 0 sobre o Nova Iguaçu, com dois gols de Rafael Sóbis.

Para confirmar a boa fase, a equipe volta a campo no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão. O Fluminense busca sua segunda vitória na Taça Rio. Se vencer também o segundo turno do Campeonato Carioca, garante o título por antecipação. Uma das armas para isso será o atacante Rafael Sóbis, que desperdiçou boas oportunidades, fez dois gols e ainda acertou o travessão.

Antes disso, no entanto, o time tricolor terá um complicado confronto válido pela Copa Libertadores: pega o Boca Juniors, da Argentina, na próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires. O Nova Iguaçu, por sua vez, conhece a primeira derrota na competição, depois de estrear com triunfo sobre o Friburguense.

O jogo

Rafael Sóbis desperdiçou duas grandes oportunidades antes de conseguir abrir o placar para o Fluminense no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Aos 3min, recebeu passe de Wellington Nem e chutou rasteiro para grande defesa de Jefferson. Já aos 26min, partiu em contra-ataque com Fred contra apenas um zagueiro, invadiu a área pela direita e chutou para fora, irritando o companheiro.

Apenas um minuto, o próprio Fred voltou a colocar Sóbis com boas condições: carregou a bola pela direita da área e tocou para trás. Na entrada da pequena área, o atacante completou de primeira para abrir o placar.

O Nova Iguaçu também levou perigo ao Fluminense, apesar de ter sido dominado dentro de campo. Diego Cavalieri teve que trabalhar em chute de Dieguinho, da intermediária, aos 8min.

Aos 33min, Amaral também acertou o pé em tentativa de longe. A bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro, que conseguiu evitar o gol. No segundo tempo, o Fluminense aumentou a superioridade, em busca do segundo gol. Aos 11min, Bruno cruzou da direita e Fred cabeceou bem, mas Jeferson fez excelente defesa.

Um minuto depois, Fred desviou em cobrança de escanteio e acertou o travessão.

Aos 18min, o Nova Iguaçu perdeu uma chance incrível: Chiquinho fez jogada pela esquerda e cruzou para Leandrão, que errou a finalização, apesar de totalmente desmarcado. Sóbis acabou com a chance de reação do adversário, contanto com um pouco de sorte: aos 30min, o atacante arriscou de fora da área, a bola acertou a zaga e encobriu o goleiro Jefferson. A partida, então, ficou fácil para o time.

Um minuto mais tarde, Souza invadiu a área pela direita, puxou a marcação e tocou de calcanhar para a passagem de Matheus Carvalho, que carregou e bateu rasteiro para fazer o terceiro gol. No final do jogo, Rafael Sóbis ainda acertou o travessão ao limpar a marcação dentro da área e bater com força de perna esquerda.

Ficha técnica

FLUMINENSE 3 x 0 NOVA IGUAÇU

Gols

FLUMINENSE:

Rafael Sóbis, aos 26min do primeiro tempo e aos 29min do segundo tempo, e Matheus Carvalho, aos 31min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Anderson e Carlinhos; Valencia, Diguinho (Jean), Deco (Souza) e Wellington Nem (Matheus Carvalho); Rafael Sóbis e Fred

Treinador: Abel Braga

NOVA IGUAÇU: Jefferson; Marcelinho, Naylhor, Dirceu e Chiquinho; Amaral, Paulo Henrique (Jefferson Silva), Mossoró e Dieguinho (Lukian); Zambi e Leandrão (Jones)

Treinador: Leonardo Condé

Cartões amarelos

FLUMINENSE: Valencia

NOVA IGUAÇU: Naylhor e Paulo Henrique

Árbitro

William de Souza Nery

Local

Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Fonte: Terra