Fora de casa e sem capitão em campo, Real Madrid é derrotado pelo Málaga por 3 a 2

Fora de casa e sem capitão em campo, Real Madrid é derrotado pelo Málaga por 3 a 2

Sem o capitão em campo, time merengue é derrotado por 3 a 2 fora de casa e termina 2012 a 16 pontos do líder Barça no Campeonato Espanhol

Antes mesmo do início da partida, a crise já estava instalada no Real Madrid: o técnico José Mourinho decidiu barrar o capitão Iker Casillas, que não ficava no banco por "questões técnicas" desde 2002. Para piorar a situação do time merengue, o Málaga venceu por 3 a 2, no estádio La Rosaleda, pela 17ª rodada do Campeonato Espanhol.

O resultado deixou a equipe da casa com 31 pontos na quarta posição. O Real soma 33 e terminou 2012 a 16 do líder Barcelona, que mais cedo venceu o Valladolid por 3 a 1. O segundo lugar é do Atlético de Madri, com 40. Os gols do Málaga foram de Isco e Santa Cruz (dois), enquanto Sergio Sánchez (contra) e Benzema marcaram para o time de Mourinho.

A ausência de Casillas pegou a imprensa espanhola, a torcida e até os jogadores de surpresa. O camisa 1 não era reserva do Real desde o dia 10 de maio de 2002, quando ficou no banco contra o La Coruña. Desde então, o capitão só ficou fora por lesão ou para ser poupado em partidas sem muita importância para o time.

- Ficamos surpresos, ele é o nosso capitão - disse Sergio Ramos após a partida.

Segundo o jornal "El País", a crise de relacionamento entre Mourinho e os principais nomes do elenco merengue vem desde a segunda rodada, quando o time perdeu por 2 a 1 para o Getafe e o técnico reclamou da postura de Sergio Ramos.

A situação piorou na última quarta, após a derrota de 2 a 1 para o Celta de Vigo pela Copa do Rei. De acordo com o "El País", Casillas não gostou de novas críticas de Mourinho aos jogadores e cobrou o treinador no vestiário:

- Em público, eu mordo a língua pelo bem da instituição! Você tem que fazer o mesmo! E se tem algo a dizer para alguém, que diga na cara! - teria dito o goleiro a Mourinho, que teria apenas rido e evitado aumentar a discussão com o capitão.

No estádio La Rosaleda, Mourinho escalou a equipe com Adán, Arbeloa, Pepe, Sergio Ramos, Essien, Xabi Alonso, Khedira, Di María, Özil, Cristiano Ronaldo e Benzema. Kaká começou no banco e entrou no segundo tempo. Antes de a bola rolar, o time deixou a rivalidade de lado e entrou em campo com uma camisa em homenagem ao técnico do Barcelona, Tito Vilanova, que passou por uma cirurgia na última quinta.

Nos primeiros minutos de jogo, o Real parecia que iria deixar a crise fora de campo. Logo aos 2, Cristiano Ronaldo bateu falta com muito efeito e obrigou o goleiro Caballero a fazer grande defesa. Aos 24, o português recebeu bom cruzamento de Di María na área, mas pegou mal e mandou para fora.

O Málaga passou a crescer na partida e acabou abrindo o placar aos três minutos do segundo tempo. Isco, que foi eleito pelo jornal italiano "Tuttosport" como melhor jovem de 2012 (prêmio Golden Boy), recebeu passe de Joaquín na entrada da área e chutou sem defesa para Adán.


Fora de casa e sem o capitão em campo, o Real Madrid é derrotado Málaga por 3 a 2

O Real tentou reagir com Cristiano Ronaldo aos 15: o português arrancou e caiu na área após tentar driblar Demichelis, mas não foi pênalti. Logo em seguida, Mourinho colocou Kaká no lugar de Di María. E aos 20, o empate: em lance confuso na área, Benzema dividiu com a zaga no chão, Sergio Sánchez chutou contra o próprio gol e acabou marcando contra.

Um minuto depois, Özil fez boa jogada na área e teve boa chance de virar, mas a zaga cortou o chute. Melhor em campo, o Málaga conseguiu o segundo gol aos 27: após cruzamento da direita de Gámez, Joaquín tocou de letra, Adán desviou e Roque Santa Cruz aproveitou o rebote.

O paraguaio ampliou três minutos depois. Após outra jogada de Joaquín, Santa Cruz recebeu pela esquerda da área e chutou no canto direito, sem chance para Adán. A resposta do Real veio aos 36, quando Özil cruzou e Benzema bateu bem para diminuir para 3 a 2. O time merengue tentou o empate até o fim mas, sem inspiração, amargou outra derrota.

Fonte: GloboEsporte.com