Fred comemora o título do Flu e diz: "Machucado, mas não morto"

Em restaurante na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o elenco do Fluminense esteve reunido para celebrar a quebra do jejum de sete anos no Estadual.

É dia de festa para os tricolores. Depois de duas vitórias sobre o Botafogo na decisão, os jogadores comemoraram a conquista do 31ª título do Campeonato Carioca. Em restaurante na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o elenco do Fluminense esteve reunido para celebrar a quebra do jejum de sete anos no Estadual.


Fred comemora o título do Flu e diz:

Além deles, algumas celebridades passaram pelo espaço: o cantor Naldo, Mulher Moranguinho, musa do funk, e a modelo Mirella Santos foram alguns deles. Membros da diretoria do clube também participaram - casos de Rodrigo Caetano e Sandro Lima. Presidente da patrocinadora, Celso Barros também compareceu.

Boa parte do elenco tricolor esteve presente na festa. Entre eles: Deco, Diego Cavalieri, Jean, Bruno, Anderson, Gum, Thiago Neves, Wellington Nem e Fred. O camisa 9, que não esteve no Engenhão, chegou pontualmente às 10h30 no local. O capitão do Flu explicou por que decidiu acompanhar o jogo em casa.

"Sofro mais quando não jogo. Sofrer não é o meu forte. Então preferi acompanhar a decisão com a minha familía em casa e fiquei muito feliz por tudo que a equipe fez ao longo da competição. O Fluminense fez por merecer, principalmente nos jogos que mais precisou jogar", disse o atacante.

Fred, que se recupera de um estiramento na coxa direita, disse que mesmo lesionado o momento era de comemoração.

"Estou machucado, mas não estou morto. Tenho que comemorar também. Fiquei triste por não jogar, mas torci em casa como se estivesse no Engenhão", finalizou

Fonte: ODIAONLINE