Fred do Flu se empolga com duelo contra o Flamengo

Fred considera que desgaste do Flu para o duelo do próximo domingo será maior por causa de ‘pedreira’

No empate por 0 a 0 na fase de classificação, Fred ficou fora por causa da lesão na panturrilha esquerda. Nas semifinais da Taça Rio, contudo, o atacante do Fluminense terá outra chance de enfrentar o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho no próximo domingo, no Engenhão. E gostou da ideia.

Ele classificou o adversário como principal rival do Tricolor e ?time a ser batido? por causa da invencibilidade de 22 jogos e do título da Taça Guanabara.

- A maior rivalidade aqui no Rio atualmente é o Fla-Flu, até pelos jogadores que as duas equipes têm. Hoje, o Flamengo é a equipe a ser batida, pelas vitórias seguidas e a invencibilidade no ano. Estou muito feliz por enfrentar o Flamengo - disse Fred.

Antes do clássico, o Flu tem que viajar para a Argentina nesta segunda-feira e disputar o jogo decisivo contra o Argentinos Jrs na quarta, pela última rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. A situação da equipe é delicada. Na lanterna do grupo, precisa vencer e torcer para o Nacional não derrotar o América-MEX, em Montevidéu. Caso a vitória tricolor em Buenos Aires seja por dois gols de diferença, basta um empate entre Nacional e América.

Enquanto isso, o Flamengo fica no Rio e duela contra o Horizonte-CE, quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

- O nosso desgaste é maior. Temos uma pedreira na quarta. Pelo menos eles jogam também. Mesmo assim não dá para apontar favorito ? afirmou Fred.

No domingo, o atacante pôs fim ao jejum de 57 dias (cinco jogos) na vitória por 1 a 0 sobre Nova Iguaçu (assista acima ao vídeo do gol). Ele fez um de pênalti e teve outros três anulados. Fred tem 50 gols com a camisa do Flu desde que estreou em 2009. No período, ele disputou 79 jogos, com média de 0,63 gol por jogo.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com